Giro

Dezenas de mortos em confrontos entre o EI e forças do regime na Síria, diz ONG

Confrontos entre as forças do regime sírio e os jihadistas do Grupo Estado Islâmico (EI) causaram 40 mortes em 48 horas no centro desértico do país em guerra, informó neste sábado uma ONG.

Cerca de 17 jihadistas morreram neste sábado em confrontos e ataques da aviação russa, que intervém em apoio do governo do presidente sírio Bashar al Asad, enquanto seis combatentes pró-regime morreram nos combates, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

No total, esses confrontos mataram 18 combatentes pró-regime e 26 jihadistas do EI em 48 horas, segundo a OSDH.

Desde sua derrota na Síria em março de 2019, o EI realiza frequentemente ataques mortais, principalmente no vasto deserto que se estende da província central de Homs à de Deir Ezzor (leste).

A guerra na Síria, desencadeada em 2011 com a repressão de manifestações pró-democracia por Damasco, causou mais de 380.000 mortes.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?