Edição nº 1087 14.09 Ver ediçõs anteriores

Desculpas…

Desculpas…

Quase um mês após o Facebook ter sido acusado de ceder dados de 87 milhões de usuários para a Cambridge Analytica, consultoria britânica de marketing político, Mark Zuckerberg deu explicações às autoridades americanas. Em audiência no Congresso dos Estados Unidos, na terça-feira 10, o fundador e CEO da rede social admitiu que a empresa falhou em proteger as informações de seus usuários e afirmou que está investigando “dezenas de milhares de aplicativos” que coletam dados da plataforma. “Estamos passando por uma mudança filosófica mais ampla”, disse Zuckerberg. “Precisamos policiar nosso ecossistema de uma maneira mais restrita.” Para fazer isso, uma das estratégias adotadas consiste em um programa de recompensas que vai pagar até US$ 40 mil por denúncias de usuários, páginas ou empresas usando indevidamente dados de usuários da plataforma.

 

…Lucrativas

O pronunciamento de Mark Zuckerberg agradou aos investidores do Facebook. Depois de ver seu valor de mercado despencar US$ 79 bilhões após o incidente com a Cambridge Analytica, a rede social voltou a ter um dia para comemorar na bolsa de valores americana Nasdaq. As ações da companhia valorizaram 4,65% na terça-feira 10, fechando o pregão custando US$ 165,28. Desde o episódio, o Facebook já recuperou US$ 42 bilhões em valor de mercado. Na quinta-feira 12, a empresa estava avaliada em US$ 484,4 bilhões.

(Nota publicada na Edição 1065 da Revista Dinheiro)


Mais posts

O inferno astral de Elon Musk não tem fim?

O empresário Elon Musk vive um inferno astral que parece não ter fim. Nos últimos meses, o fundador da Tesla tem recebido mais atenção [...]

Placa inteligente

O Rio de Janeiro será o primeiro Estado brasileiro a adotar às novas placas veiculares no padrão do Mercosul. Além de ser visualmente [...]

Estilo hi-tech

(Nota publicada na Edição 1087 da Revista Dinheiro)

Se a moda pega…

A operadora NET foi condenada a pagar duas indenizações, de R$ 5 mil cada uma, para ex-clientes que processaram a companhia por conta de problemas com a estabilidade e a velocidade dos planos de internet fixa contratados. As ações alegam que a empresa não cumpriu com as regras da Agência Nacional de Telecomunicações, que estipula […]

Reforço nos chips

A Intel está impulsionando a sua produção de processadores. Na segunda-feira 10, a companhia americana anunciou a aquisição da startup [...]
Ver mais
X

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.