Edição nº 1134 19.08 Ver ediçõs anteriores

Descarte de vidro ganha um aliado

Descarte de vidro ganha um aliado

Embora produzido com elementos naturais, como a sílica, presente na areia das praias, o vidro leva quatro mil anos para se decompor e até um milhão para ser totalmente absorvido pela natureza. No Brasil, o descarte de embalagens de vidro pós-consumo é de aproximadamente 1,2 milhão tonelada por ano, estima a Associação Brasileira das Indústrias de Vidro (Abividro). Disso, 550 mil toneladas acabam parando em aterros sanitários. “O vidro é reciclável, mas tem baixo valor agregado”, diz Rodrigo Jobim, sócio-fundador da Molécoola. “A indústria recicladora paga em torno de R$ 0,20 por quilograma (kg), o que é praticamente o custo com a logística.” Para mudar esse cenário, a fabricante de embalagens de vidro Owens Illinois firmou uma parceria com o Instituto Ecozinha – iniciativa privada que conta com 46 associados, entre bares, restaurantes e hotéis – para desenvolver o gerenciamento de resíduos, permitindo com que os estabelecimentos com alto nível de descarte se adequem à Lei dos Grandes Geradores de Lixo. Localizado no Distrito Federal (DF), o Ecozinha disponibiliza bunkers com capacidade de até 800 kg para acomodar embalagens de vidro, sempre em locais próximos aos estabelecimentos parceiros.

(Nota publicada na Edição 1100 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Whiskas promove adoção e castração de gatos de rua

O ditado diz que os gatos têm sete vidas. Mas para muitos dos bichanos, a única vida que possuem é triste, sem lar, entregue a própria [...]

Americanas leva curso de empreendedorismo para Amazônia

Decorrente de uma parceria firmada com a Fundação Amazonas Sustentável (FAS), em 2018, a Lojas Americanas está promovendo alternativas [...]

Alemanha bloqueia R$ 156 milhões para projetos ambientais no Brasil

Em junho, Jair Bolsonaro celebrou um acordo histórico: o trato de livre comércio entre o Mercosul e a União Europeia, que já era discutido há duas décadas. A decisão, no entanto, pode estar em risco. Após uma série de atritos envolvendo países europeus e o Brasil, por sua postura inerte em relação ao avanço do […]

McDonald’s quer McLanche feliz mais saudável

A Arcos Dorados, franqueadora master do McDonald’s para América Latina, decidiu repaginar o cardápio de um de seus principais itens: o [...]

Desmatamento na Amazônia cresce 278% em julho

A exoneração de Ricardo Galvão, diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), no dia 2 de agosto, não foi suficiente [...]
Ver mais