Agronegócio

Desabastecimento e preços altos: o que o frio pode trazer para sua vida

Crédito: Pixabay

Formação de geadas pode contribuir ainda mais com a inflação dos alimentos (Crédito: Pixabay)



O inverno começa apenas em 21 de junho, mas no outono já é possível perceber reduções bruscas de temperatura que podem afetar os brasileiros. Além de gripes sazonais típicas da época, as baixas temperaturas podem afetar a produção agrícola nacional e contribuir ainda mais com a inflação dos alimentos.

Apenas no mês de março, os preços dos alimentos subiram 3,09%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), abaixo da inflação geral do mês de 1,62%.

+ OMS recomenda antiviral da Pfizer para covid-19
+ Wall St cai conforme visão de Powell apoia caminho de alta agressiva

O principal temor dos produtores nos meses de outono e inverno é a formação de geadas, que podem destruir safras inteiras em poucas horas, como aconteceu com o café em 2021.



“Tem culturas atingidas pelo frio e isso responde pela questão inflacionária: hortaliças, legumes, café, cana de açúcar, laranja milho, plantado no Paraná e Mato Grosso do Sul, trigo do Rio Grande do Sul e Paraná e feijão no Paraná podem ser atingidos. É muito comum em São Paulo ter geadas no outono e inverno, e isso gera efeito nos preços até 15 dias depois”, explica Celso Oliveira, agrometeorologista do Clima Tempo.

As massas de ar geladas oriundas do Polo Sul avançam sobre o continente e reduzem drasticamente as temperaturas, o que pode influenciar na formação de geadas. No entanto, a temperatura dos oceanos, cada vez mais altas devido ao aquecimento global, e até a atividade solar podem auxiliar na formação de geadas.

Oliveira diz que as geadas costumam ser mais frequentes no intervalo entre os fenômenos El Niño e La Niña, o segundo em atividade desde 2021.


“Estamos em La Niña, mas há possibilidade de breve período de neutralidade no inverno, o que aumenta a preocupação com geadas”, diz Oliveira.

As geadas impactam de maneira diferente em cada cultura: para afetar a produção de café, por exemplo, é necessária uma geada mais longa e abaixo de zero grau. As hortaliças, mais sensíveis, podem ser afetadas já em temperaturas entre 5ºC e 6ºC. O tempo de exposição à geada também é determinante à destruição de algumas sagras agrícolas.

Trigo

A guerra entre Rússia e Ucrânia, dois produtores internacionais de trigo, fez o preço do cereal aumentar 46,25% desde o início do conflito. Se houver uma geada na produção de trigo nacional, o preço do pão irá subir ainda mais. Uma das alternativas seria a importação do trigo argentino, mas o mesmo problema pode ocorrer no país vizinho.

“Se tiver geada aqui, tem também na Argentina, que fornece trigo e milho. O problema é a Argentina ter geada no final do inverno. No Brasil, o problema é a geada entre maio e julho. Na Argentina, só planta do meio do inverno para frente, se não a plantação é perdida. Mesmo assim, pode ter frio e prejudicar a produção do trigo”, ressalta Oliveira.

Apesar de produtor, o Brasil importa trigo. No Sul, o trigo é argentino, mas, para o Norte e Nordeste do País, é mais barato importar dos Estados Unidos.

A Rússia é o maior exportador de trigo do mundo e tem sido boicotada economicamente pela invasão na Ucrânia – juntos, os dois países respondem por 29% das exportações mundiais de trigo.

No Brasil, os maiores produtores nacionais são Rio Grande do Sul e Paraná, que, juntos, produzem 85% do trigo nacional.






Tópicos

baixa temperatura como o frio impacta na inflação como se mede a inflação semanal crescimento econômico Focus projeção 2022 de quem é a culpa pela inflação 2022 dólar projeção expectativa de crescimento BC 2021 expectativa de crescimento Brasil 2022 expectativa focus expectativas 2022 Banco Central focus projeção 2022 frio geada IGP-M acumulado IGP-M inflação aluguel IGP-M projeção 2021 IGP-M setembro IGP-M significado IGPM acumulado índice do aluguel setembro inflação 2021 projeções inflação 2022 causas inflação 2022 governo bolsonaro inflação 2022 petróleo IPCA projeção economistas inflação 2022 política econômica inflação 2022 projeção inflação aluguel projeção 2021 inflação Brasil 2022 inflação combustíveis energia alimentos inflação FGV inflação Focus inflação IGP-10 novembro inflação IPC-s acumulado inflação IPC-s julho inflação Ipea inflação mercado Inflação metal projeção 2022 inflação oficial 2022 inflação oficial fevereiro 2022 inflação oficial março 2022 inflação perdas plano real inflação preços controlados inflação projeção inflação relatório trimestral BC março 2022 inflação últimos 12 meses março 2022 inverno IPC-S significado IPCA 12 meses 2022 IPCA INFLAÇÃO 2021 IPCA março 2022 ipca significado IPCA-15 2022 IPCA-15 março 2022 IPCA-15 recorde mercado projeção 2022 o que é grupo Focus O que é inflação e exemplos? o que é ipca? PIB projeção 2021 preços capitais semana prévia da inflação dezembro prévia da inflação IPCA-15 setembro Selic 14% Selic projeções 2022 temperatura trigo