Giro

Deputados decidem se MEI poderá faturar R$ 130 mil por ano em 2022

Crédito: Pixabay

Desde 2018, o limite de faturamento do MEI é de R$ 81 mil de renda bruta anual (Crédito: Pixabay)

O Microempreendedor Individual (MEI) poderá faturar R$ 130 mil por ano e R$ 10.833 por mês, a partir de 1º de janeiro de 2022, se o Projeto de Lei Complementar (PLP) 108/2021 for aprovado na Câmara dos Deputados. O texto, já aprovado pelo Senado Federal, foi enviado para votação para depois ser encaminhado para sanção presidencial.

Desde 2018, o limite de faturamento do MEI é de R$ 81 mil de renda bruta anual ou até R$ 6.750 de renda bruta mensal. O investimento em produtos e insumos do MEI é limitado em 80% da receita anual.

A legislação atual do MEI prevê a contratação de um funcionário com direito ao recebimento de um salário mínimo ou o piso de sua categoria. Com a aprovação do PLP 108/2021, o MEI poderá contratar até dois funcionários com a mesma remuneração atualmente vigente.

+ Selic deve chegar a 10% em meio a pressões inflacionárias, projeta BNP Paribas; IPCA baterá 9% em 2021



Ao contratar um funcionário, o MEI tem duas obrigações:

  • Encargo previdenciário de 3% que é de responsabilidade do empregador;
  • Depósito do FGTS, que será calculado com a alíquota de 8% sobre o salário do empregado.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km