Economia

Deputados aprovam 5 projetos que recompõem gastos do Orçamento

Deputados aprovaram cinco projetos de lei do Congresso (PLNs) para recompor o Orçamento Geral da União, entre eles gastos obrigatórios com Previdência cortados para manter emendas parlamentares. Por meio de acordo entre os líderes, foram aprovados os PLNs 4, 5, 6, 7 e 8.

As propostas ainda precisam ser aprovadas pelos senadores. A deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR), presidente nacional do PT, disse que o acordo visa “salvar minimamente o Orçamento da União”.

Por meio do PLN 4, o governo pretende recompor R$ 19,8 bilhões em despesas obrigatórias, como benefícios previdenciários, e desfazer a maquiagem adotada pelos parlamentares para conseguir turbinar emendas direcionadas a seus redutos eleitorais sem estourar o teto de gastos, a regra que limita o avanço das despesas à inflação.

O PLN 5 abre crédito de R$ 584,3 milhões para os Ministérios do Desenvolvimento Regional, da Defesa e da Mulher, Família e Direitos Humanos. Desse total, 93% devem ir para o MDR, em programas para construção de casas à baixa-renda no âmbito do programa Casa Verde e Amarela, obras de contenção de encostas em áreas urbanas, sistemas de transporte público coletivo, reabilitação de barragens, empreendimentos de saneamento e construção de sistemas de abastecimento de água.



O PLN 6 abre crédito de R$ 1,095 bilhão para os Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovações, do Meio Ambiente, da Defesa, do Desenvolvimento Regional e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Desse total, 38% serão direcionados para o financiamento de testes clínicos de vacinas nacionais contra a covid-19; 25% irão para ações de fiscalização e repressão ao desmatamento e incêndios florestais, e 20% para pagamento de contribuições às Organizações Pan-Americana da Saúde (Opas) e Organização Mundial da Saúde (OMS).

O PLN 7 redireciona recursos para pagamento dos novos efetivos ao Corpo de Bombeiros e Polícia Militar (PM) do Distrito Federal, além de cargos em universidades federais criados em 2018 e 2019.

Já o PLN 8 abre crédito suplementar de R$ 1,888 bilhão para operações oficiais de crédito no âmbito de recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) para financiamento de projetos de desenvolvimento tecnológico de empresas.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago