Ciência

Deputado estadual morto por Covid-19 usou cloroquina no tratamento

Crédito: Reprodução/Twitter

Gil Vianna estava em seu segundo mandato na Alerj e era líder do PSL (Crédito: Reprodução/Twitter)


O deputado estadual Gil Vianna (PSL/RJ), morto na noite desta terça-feira (19) aos 54 anos em decorrência de complicações do coronavírus, recebeu tratamento com cloroquina, segundo a coluna do jornalista Lauro Jardim, no site do O Globo. Ele foi diagnosticado com a Covid-19 no começo do mês.

A coluna afirma que a administração do medicamento, em conjunto com outros remédios, faz parte do protocolo para pacientes com a Covid-19 em estado grave do Hospital da Unimed, em Campos dos Goytacazes (RJ).

+ Recomendação da Saúde sobre uso da cloroquina tende a ser usada contra médicos
+ Brasil registra recorde de mortos por COVID-19 e abre as portas ao tratamento com cloroquina
+ Pesquisa XP Ipespe confirma tendência de alta na reprovação a Bolsonaro

Nesta quarta-feira (20), o Ministério da Saúde liberou o uso da cloroquina no tratamento contra a doença. O documento com o novo protocolo recomenda a prescrição do medicamento desde os primeiros sinais apresentados.

Gil Vianna estava com 54 anos e estava em seu segundo mandato na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. Ele era líder do PSL na casa e era pré-candidato à Prefeitura de Campos dos Goytacazes.