Giro

Depois do Galeão, Aeroporto Santos Dumont recebe ação estadual contra covid-19

Depois do Galeão, chegou a vez do Aeroporto Santos Dumont receber a ação da Secretaria de Estado de Saúde do Rio contra o coronavírus. Técnicos da Vigilância Sanitária do Estado estão no saguão central do aeroporto abordando os passageiros e tripulações que chegam ao Rio para medir a temperatura corporal e identificar viajantes com febre, um dos sintomas da covid-19, das 7 horas às 22 horas.

Passageiros apresentando o sintoma, como febre acima de 37,8 graus, são recomendados a permanecer em isolamento social por 14 dias e, caso o quadro clínico piore, a procurar uma unidade de saúde de emergência.

De acordo com nota da secretaria, as equipes também dão orientações sobre o novo vírus e esclarecem quando os pacientes devem procurar o serviço de saúde.

A iniciativa é complementar às ações que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) tem realizado em portos e aeroportos, de jurisdição federal.



A secretaria informou ainda, que a ação foi estendida para o desembarque do Galeão de voos domésticos, além dos internacionais.

Desde o dia 23 de março, quando começou a atividade, 2.752 passageiros foram abordados no maior aeroporto do Rio.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km