Economia

Demanda de transporte aéreo de carga sobe 1,4% em janeiro e vai contra recuo global

Crédito: AFP/Arquivos

A capacidade de carga, medida em toneladas de carga disponível por quilômetro (ACTKs), aumentou 0,9% na comparação ano a ano em janeiro de 2020 (Crédito: AFP/Arquivos)

A demanda de transporte aéreo de carga da América Latina em janeiro aumentou 1,4% e seguiu no caminho oposto da média global, que encolheu 3,3%. Ambos resultados são comparações com igual período do ano passado.

Segundo relatório da Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata, na sigla em inglês), o coronavírus teve um pequeno impacto negativo da procura mundial deste tipo de serviço. Para a entidade, em 2020, o Ano Novo Lunar Chinês ocorreu antes do que em 2019. Isso distorceu os números de 2020, mostrando um resultado fraco, pois muitos fabricantes chineses estariam fechados durante o período deste feriado.

+ Iata eleva projeção de impacto de coronavírus na receita de empresas aéreas
+ Iata: impacto do coronavírus em receita de aéreas na Ásia pode ser de US$ 27,8 bi 

Porém, na América Latina, os volumes de carga com ajuste sazonal aumentaram devido a novas conexões de rotas, o que é um desenvolvimento positivo para as transportadoras da região. A capacidade aumentou 2,4% em relação ao ano passado.

Na média global, janeiro representou o décimo mês consecutivo de queda nos volumes de carga na comparação ano a ano, mensurados por toneladas de carga por quilômetro (CTKs*).

Para Alexandre de Juniac, diretor geral e CEO da Iata, o impacto do coronavírus no setor, no primeiro mês do ano, não foi muito grande. Tendo em vista que a epidemia ainda estava, praticamente, alojada na China em janeiro, é sinal que o resultado do próximo mês será ainda pior.

“Esperamos que tempos difíceis estejam por vir. A direção que os eventos futuros tomarão ainda não está clara”, avalia o representante da Iata.

A capacidade de carga, medida em toneladas de carga disponível por quilômetro (ACTKs), aumentou 0,9% na comparação ano a ano em janeiro de 2020. O aumento da capacidade foi maior que o crescimento da demanda pelo 21º mês consecutivo.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?