Negócios

Déficit orçamentário dos EUA bate recorde para março com despesas infladas por gastos com auxílio

Déficit orçamentário dos EUA bate recorde para março com despesas infladas por gastos com auxílio

Notas e moedas de dólar

Por David Lawder

WASHINGTON (Reuters) – O governo dos Estados Unidos registrou déficit orçamentário em março de 660 bilhões de dólares, número recorde para o mês e turbinado pela distribuição de pagamentos diretos aos norte-americanos, medida prevista no pacote de estímulo do presidente Joe Biden, informou o Departamento do Tesouro nesta segunda-feira.

O déficit nos primeiros seis meses do ano fiscal de 2021 disparou para um recorde de 1,706 trilhão de dólares, em comparação a um rombo de 743 bilhões de dólares no mesmo período do ano fiscal anterior.

A pandemia da Covid-19 não teve grande impacto nos primeiros seis meses do ano fiscal de 2020, já que o aumento de gastos em benefícios a desempregados e outras despesas para socorro não começaram até o fim de março de 2020 e se elevaram apenas no mês seguinte, afirmou uma autoridade do Tesouro a repórteres.

O déficit de março de 2021 foi o terceiro maior já registrado, superado apenas pelos rombos de 864 bilhões de dólares em junho de 2020 e de 738 bilhões de dólares em abril de 2020.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3B19X-BASEIMAGE

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel