Agronegócio

Déficit da balança comercial na 4ª semana de outubro é de US$ 371 milhões

Brasília, 25 – A balança comercial brasileira registrou déficit comercial de US$ 371 milhões na quarta semana de outubro (18 a 24). De acordo com dados divulgados nesta segunda-feira, 25, pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia, o valor foi alcançado com exportações de US$ 4,815 bilhões e importações de US$ 5,186 bilhões.



Em outubro, a balança comercial acumula saldo superavitário em US$ 1,793 bilhão até o dia 24, com exportações em US$ 17,274 bilhões e importações de US$ 15,481 bilhões. No acumulado do ano, o saldo comercial é superavitário em US$ 58,369 bilhões.

As exportações registraram aumento de 30,5% na média diária de outubro ante o mesmo período do ano passado, com crescimento US$ 36,19 milhões (25,9%) em Agropecuária; aumento de US$ 81,3 milhões (36,6%) em Indústria Extrativa e de US$ 151,51 milhões (29,4%) em produtos da Indústria de Transformação.

Já as importações subiram mais, puxadas pela compra de gás natural e petróleo. As compras do exterior subiram 55,8% no período, com crescimento de US$ 8,05 milhões (46,0%) em Agropecuária; alta de US$ 30,83 milhões (163,7%) em Indústria Extrativa e de US$ 315,25 milhões (51,0%) em produtos da Indústria de Transformação.




Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?