Política

Defesas de condenados no processo do sítio de Atibaia prestam depoimentos

Após o advogado defensor de Luiz Inácio Lula da Silva Cristiano Zanin prestar depoimento em julgamento que pode anular sentença que condenou o ex-presidente a 12 anos e 11 meses de prisão no caso do sítio de Atibaia (SP), defesas de outros condenados no processo falaram ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) em Porto Alegre.

Além de Lula, apelam na ação o presidente do Conselho de Administração da Odebrecht, Emílio Alves Odebrecht, o ex-funcionário Emyr Diniz Costa Júnior, o ex-executivo Carlos Armando Guedes Paschoal, o ex-presidente da OAS, José Aldemário Filho, o ex-diretor da OAS Paulo Roberto Valente Gordilho, o empresário Fernando Bittar, o pecuarista José Carlos Bumlai e o advogado Roberto Teixeira.

‘Demonização da advocacia’

O advogado Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, que representa Roberto Teixeira, terminou seu depoimento dizendo: “assistimos hoje a uma demonização da advocacia. Não sou considerado porta-voz do meu cliente, sou considerado coautor de crime”, desabafou. Em resposta, o relator do caso João Pedro Gebran Neto, disse que a Corte “tem elevadíssimo respeito pela advocacia”. Mariz rebateu dizendo que “não se referia a esta Corte”.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?