Política

Defesa de Temer evita comentar nova prisão de aliado no dia do julgamento do TSE

O advogado de defesa do presidente Michel Temer, Gustavo Guedes, evitou comentar se a prisão do ex-ministro Henrique Eduardo Alves pode influenciar no julgamento da ação que pede a cassação do mandato do peemedebista.

“Vamos tratar de provas que estão no processo”, disse. Henrique Alves foi ministro do Turismo de Temer e deixou o governo após seu nome ser envolvido na Lava Jato.

O advogado, no entanto, afirmou esperar que o clima político não influencie o julgamento. “O TSE tem ministros e uma ministra com muita competência, eu tenho confiança de que teremos um julgamento técnico, com aquilo que está no processo”, disse.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?