Economia

Decreto permite remanejar cargos para Conselho de Recuperação Fiscal do Rio

O presidente Jair Bolsonaro editou decreto que permite o remanejamento de cargos para o Conselho de Recuperação Fiscal do Estado do Rio de Janeiro. Em nota, a Secretaria Geral da Presidência da República esclarece que o governo irá realocar temporariamente três cargos em comissão (nível DAS 6) para o Conselho de Recuperação Fiscal do Rio.

Esses conselheiros irão examinar a proposta de prorrogação da Recuperação Fiscal do Estado do Rio e, se a proposta for aceita pelo presidente da República, eles irão acompanhar a recuperação fiscal até 1º de outubro de 2021. Depois desse prazo, os cargos retornam, automaticamente, à reserva técnica e os ocupantes serão exonerados, explica o Planalto em nota.

O Estado do Rio de Janeiro corre o risco de ser expulso do Regime de Recuperação Fiscal (RRF), como mostrou o Broadcast. O RRF, assinado em setembro de 2017, permitiu ao Estado suspender o pagamento de sua dívida com a União por três anos, mas o governo estadual não estaria cumprindo as obrigações impostas pelo plano de socorro.

O Estado tem até o dia 3 de outubro para apresentar uma solução ou o Conselho de Supervisão do RRF poderá recomendar sua expulsão do regime.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?