Economia

Debater alta de juros nos EUA é prematuro, diz dirigente do Fed

A presidente da distrital do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) em São Francisco, Mary Daly, afirmou nesta quinta-feira que a autoridade monetária já está em posição para começar a reduzir o relaxamento quantitativo (QE, na sigla em inglês), mas argumentou que é “prematuro” começar a discutir alta na taxa básica de juros.

Em entrevista à CNN, Daly comentou que espera uma desaceleração da inflação nos Estados Unidos à medida que gargalos na cadeia produtiva são solucionadas.

Na visão dela, os gastos fiscais que têm sido debatidos no Congresso, como investimentos em infraestrutura, não devem afetar o cenário de curto prazo para os preços, uma vez que tendem a demorar algum tempo para terem efeito na economia.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km

Tópicos

EUA Fed juros MARY DALY