Estilo

De digestivo a energético

Licor 43 renasce na receita do Carajillo, drinque de origem cubana que tem o café como coadjuvante.

Crédito: Divulgação

RECEITA FACÍLIMA Basta misturar 50ml de café, 50ml de Licor 43 e gelo a gosto para obter o drinque. (Crédito: Divulgação)

Por muito tempo, a tequila José Cuervo foi a bebida com maior participação no faturamento da importadora Aurora Fine Brands. O destilado mexicano manteve sua posição apesar de a empresa, com 75 anos de história, trazer para o Brasil bebidas consagradas como a vodca Stolichnaya, o uísque McCallan e o steinhager Schlichte, entre outras marcas de sucesso. Enquanto muitas delas ganharam evidência com a ascensão da coquetelaria que seduziu os brasileiros nos últimos anos, o Licor 43, também pertencente ao catálogo da Aurora, permanecia restrito a seu tradicional reduto: as churrascarias. O mais vendido licor da Espanha, cuja receita secreta leva 43 ingredientes, fez fama por suas alegadas propriedades digestivas e por alguns efeitos que saltavam aos olhos durante o serviço. A começar pela garrafa, que circulava pelo salão envolta em um cristalino anel de gelo moldado no freezer. O líquido cremoso, por sua vez, era habilmente despejado pelo garçom a partir de uma altura considerável, em um fio finíssimo. Ao colidir com a taça, produziam-se pequenas bolhas de ar. Tudo muito interessante — mas nada que pudesse estimular o desejo de consumo das novas gerações. Até que o Licor 43 encontrou seu parceiro ideal: o café. Hoje, o licor espanhol é o campeão de vendas da Aurora. E sua redescoberta já rendeu uma nova bebida com a marca 43. É a Baristo, previamente acrescida de café. Completa a linha de licores 43 a Horchata, feita com a bebida espanhola que lembra um refresco de amêndoas.

O nome Carajillo deriva de uma palavra espanhola para definir coragem. A versão corrente da origem do drinque é atribuída a soldados cubanos que misturavam café ao rum antes de se apresentar à batalha. Fato ou lenda, a combinação tem um efeito poderoso. Ela soma álcool (que corresponde a 31% do volume do Licor 43), açúcar e cafeína. Pensou em energético com uísque? Ok. Só que o Carajillo 43 é muito mais sofisticado, saboroso e aromático.

LINHA AMPLIADA Além do tradicional (ao centro), o Licor 43 tem agora as versões Baristo (já com café) e Horchata (à dir.). (Crédito:Divulgação)

EXPERIÊNCIA O preparo é simples, com apenas três ingredientes, dois deles em partes iguais (50 ml de Licor 43, 50 ml de café), além do gelo, a gosto. Mas a escolha do café faz toda a diferença. Isso foi comprovado em uma experiência para convidados no hotel Six Senses Botanique, em Campos do Jordão (SP). Versões de Carajillo 43 foram preparadas com quatro variedades de espresso da marca italiana Lavazza, de diferentes intensidades e origens. A quinta preparação foi com espresso da carta do hotel. A cada taça, uma gama de aromas e sabores vinha à tona. Não se trata apenas de um drinque estimulante. A fórmula serve de combustível para os fãs da coquetelaria testarem infinitas possibilidades.