Tecnologia

Daimler prevê que falta de chips dure até 2022

Daimler prevê que falta de chips dure até 2022

Logo da Daimler fotografado em Berlim, Alemanha

Por Nick Carey

LONDRES (Reuters) – A escassez global de chips vai continuar atingindo a indústria automotiva no segundo semestre deste ano e vai se prolongar para 2022, afirmou a Daimler nesta quarta-feira.

Junto com outras montadoras, a Daimler cortou produção este ano por causa da falta de chips, fazendo a empresa se concentrar em modelos com margens maiores.

O vice-presidente financeiro, Harald Wilhelm, afirmou a investidores que a situação deve persistir até 2022, embora no próximo ano deverá ser menos severa que em 2021.



Algumas montadoras se adaptaram à falta de microprocessadores ao deixarem de instalar alguns recursos em seus modelos. A General Motors afirmou em março que algumas de suas picapes não terão um módulo de gestão de combustível, o que atinge a performance na economia de consumo.

A Daimler informou que espera margem ajustada de lucro na divisão de caminhões e ônibus este ano entre 6% e 7%, abaixo da expectativa anterior de 6% a 8%.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6K19L-BASEIMAGE

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Tópicos

Updated