Finanças

CVM vai investigar movimentação atípica em ações da Via Varejo

Crédito: Reprodução/Facebook

Só na primeira meia hora após a abertura das negociações na B3, foram negociados 17 mil ações da Via Varejo, sendo que a média é de 2,5 mil papéis nesse início da sessão (Crédito: Reprodução/Facebook)

A valorização atípica nas ações da Via Varejo no dia 21 de dezembro chamou a atenção da CVM (Comissão de Valores Mobiliário), que decidiu abrir um processo para analisar a oscilação.

De acordo com a assessoria de imprensa da comissão, o assunto está sendo analisado no âmbito do processo CVM 19957.009070/2020-12. “A Autarquia não comenta processos em andamento”, diz a nota oficial.

+ Via Varejo: GMV cresce 20,2% no Natal, estimulado por alta de 125% no e-commerce
+ Puxada por e-commerce, Via Varejo bate recorde na Black Friday

As ações da empresa abriram o pregão do dia 21 de dezembro em baixa de 10,8%, cotadas a R$ 15. No dia anterior, no fechamento da Bolsa de Valores brasileira, os papéis eram cotados a R$ 16,82. Também chamou atenção o fato de ter atingido a mínima de R$ 14,71, valor mais baixo desde de junho.



Só na primeira meia hora após a abertura das negociações na B3, foram negociados cerca de 17 mil ações, sendo que normalmente são 2,5 mil papéis nesse início da sessão.

Fabio Bonchristiano, da Íris Investimentos, disse à Folha de S.Paulo que em situações como essa, a Bolsa precisa entender de fato o que está acontecendo e, dependendo da situação, invalidar os negócios praticados. Essas negociações chegaram a ultrapassar os R$ 50 milhões logo no começo do pregão, respondendo por uma porcentagem relevante do total negociado no dia.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel