Economia

CVM amplia prazo para Cunha e Funaro se manifestarem sobre fundo de pensão

O diretor da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Gustavo Borba, concedeu mais 20 dias ao ex-deputado Eduardo Cunha e a Lúcio Funaro para se manifestarem sobre novas provas anexadas a processo que apura irregularidades em negócios da Prece (fundo de pensão dos funcionários da Cedae) na BM&F. O processo tramita na CVM desde 2012 e se refere a operações realizadas entre novembro de 2003 e março de 2006.

O prazo inicial fixado para a manifestação dos dois terminaria nesta quarta-feira, 20. A prorrogação do prazo consta de despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira e atende a pedido formulado por Funaro, que beneficia também Cunha.

De acordo com a CVM, as novas provas decorrem da juntada de cópias de atas e mídias relativas às audiências de instrução e julgamento do Processo nº 0060203- 83.2016.4.01.3400, que tramita na 10ª Vara Federal do TRF da 1ª Região.

Os documentos foram compartilhados com a CVM, mas permanecem em sigilo do público em geral. A eventual resposta dos dois também ficará em sigilo em razão do sigilo imposto pela Justiça.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?