Custa só R$ 39 para encher o “tanque” do carro elétrico

Custa só R$ 39 para encher o “tanque” do carro elétrico

Os veículos elétricos roubaram a cena no Salão do Automóvel de 2018, em São Paulo. Conhecidos por serem mais seguros, econômicos e menos poluentes em relação aos veículos movidos a combustão, eles serão cada vez mais vistos pelas ruas do País, a partir de 2019. O cartão de visita da General Motors (GM) foi o lançamento do Chevrolet Bolt, veículo elétrico que chega ao mercado no próximo ano, ao preço de R$ 175 mil. “O carro elétrico, além do ponto de vista tecnológico, é o que vai manter o mundo por mais tempo, porque ele não tem emissão de poluentes”, diz Rodrigo Fioco, diretor de marketing de produto da Chevrolet. Hoje, com a tarifa mais alta de energia, o custo para ‘encher o tanque’ do Bolt seria de R$ 39, carga de bateria que daria uma capacidade de rodagem estimada de 383 km. No mundo, a GM confirmou mais 20 modelos elétricos até 2023.

(Nota publicada na Edição 1097 da Revista Dinheiro)





+ Confira 10 receitas para reaproveitar ou turbinar o arroz do dia a dia



Sobre o autor


Mais colunas e blogs


Mais posts

Ver mais

Copyright ©2022 - Três Editorial Ltda.
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.