Giro

Cumbica fecha Terminal 1 temporariamente


O aeroporto de Guarulhos, o maior da América do Sul e o segundo maior da América Latina, com movimentação de mais de 120 mil passageiros por dia, vai fechar temporariamente as operações de embarque e desembarque no Terminal 1. O anúncio foi feito ontem pela GRU Airport, concessionária que administra o aeroporto internacional de São Paulo. A medida foi adotada partir da meia-noite de hoje.

Durante o período, o transporte entre terminais e de conexão com a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) não vai contemplar o Terminal 1. Os serviços de restaurantes também serão desativados. Os demais terminais continuam funcionando. O Terminal 2 está funcionando para check-in e embarque normal, mas desembarque apenas de voos domésticos. O Terminal 3 está realizando as atividades de check-in, embarque e desembarque dos voos internacionais (incluindo os que desembarcariam pelo terminal 2). A movimentação do Terminal 1 representava 10% da média diária do total de embarques e desembarques de passageiros.

O fechamento do terminal está alinhado à redução dos voos das companhias aéreas. Empresas do mundo todo têm reduzido o número de voos, tanto nacionais quanto internacionais, devido à pandemia do novo coronavírus. Das quatro companhias aéreas nacionais que operavam em Guarulhos, duas suspenderam temporariamente as operações. Entre as internacionais, de 27 empresas, 10 continuam operando no aeroporto internacional.

A interrupção das atividades no terminal 1 também está alinhada à interrupção momentânea das atividades da companhia aérea Azul no aeroporto. A empresa está reduzindo a sua malha para 70 voos diários ligando 27 cidades do País. As operações no estado de São Paulo devem ficar concentradas no aeroporto de Viracopos, em Campinas, no Interior.

Para informações relacionadas a voos, o passageiro deve fazer contato com a companhia aérea no telefone 11 4003-1118 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 887 1118 (demais localidades).