Economia

CSN tem mais um dia de ganhos na bolsa

No primeiro pregão após o carnaval, as ações da siderúrgica CSN, do empresário Benjamin Steinbruch, fecharam em alta de 9,39%, a R$ 15,15, impulsionadas pela valorização dos preços internacionais do minério de ferro e também pela possibilidade de redução da dívida da companhia nos próximos três anos, com a venda de ativos. Na segunda-feira, 4, o banco Morgan Stanley passou a recomendar a compra das ações da siderúrgica. A companhia contratou Citigroup para estruturar uma venda antecipada de US$ 1 bilhão em minério de ferro. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.