Negócios

CSN: dívida líquida atinge R$ 30,603 bilhões no trimestre; queda de 8%

Crédito: Reprodução/CNS

A companhia informa que a variação cambial foi compensada pela forte geração de caixa do período e entrada dos recursos do pagamento de minério de ferro (Crédito: Reprodução/CNS)

A dívida líquida da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) chegou a R$ 30,603 bilhões em 30 de setembro, uma queda de 8% em relação ao registrado no final do segundo trimestre (R$ 33,120 bilhões), mas um aumento de 11% em relação ao mesmo período do ano passado, quando era de R$ 27,577 bilhões.

Em nota que acompanha o resultado, a companhia informa que a variação cambial foi compensada pela forte geração de caixa do período e entrada dos recursos do pagamento antecipado (prepayment) de minério de ferro. A relação dívida líquida/Ebitda alcançou 3,67x, uma redução considerável em vista do forte fluxo de caixa, segundo a empresa. Essa relação era de 5,17x ao final do segundo trimestre e 3,81x no terceiro trimestre do ano passado.

+ FMI aponta que dívida bruta do Brasil será de 101% do PIB em 2020 
+ Com dívidas de R$ 4 bi, RicardoEletro protocola plano de recuperação judicial

Em comentários no informe de resultados, a companhia destaca que no terceiro trimestre deste ano e início do quarto deu continuidade ao processo de alongamento de seu passivo, obtendo aprovações para extensão de cerca de R$ 600 milhões com bancos privados.

A CSN informou ainda que a exposição cambial líquida do balanço consolidado de 30 de setembro foi de US$ 88 milhões, em linha com a política da empresa de minimizar os impactos da volatilidade cambial sobre o resultado. O Hedge Accounting adotado pela CSN correlaciona o fluxo projetado de exportações em dólar com os vencimentos futuros da dívida na mesma moeda. “Com isso, a variação cambial da dívida em dólar fica registrada temporariamente no patrimônio líquido, sendo levada ao resultado quando ocorrerem as receitas em dólar provenientes das referidas exportações”, diz a siderúrgica.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?