Economia

Críticas de Trump à política comercial de certos países têm fundamento, diz FMI

As críticas feitas pelo governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, à política comercial de alguns países têm certo grau de legitimidade e não podem ser descartadas de cara, afirmou hoje David Lipton, primeiro vice-diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI).

“É papel deste governo (dos EUA) tentar criar condições mais iguais neste setor para o bem do povo norte-americano”, afirmou o dirigente, que ocupa o segundo posto do fundo. “A questão é olhar para o que eles dizem como um diagnóstico e tentar oferecer alguma ajuda para entender o que faz sentido e o que não faz”.

Lipton afirmou que existem “elementos de verdade em algumas das reclamações, ainda que elas não estejam necessariamente bem enquadradas”.

Embora seja errado descrever a China como um manipulador de câmbio, seria correto que a segunda maior economia do mundo dependesse menos das exportações para o crescimento, exemplificou.

Ele acrescentou que uma abordagem bilateral para resolver esses desequilíbrios, como parece pensar o presidente norte-americano, pode não ser tão bem sucedida como uma abordagem multilateral, como defende o FMI. Fonte: Dow Jones Newswires.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

FMI Lipton Trump