Giro

Criança de 2 anos comprou 31 cheeseburgers do McDonald’s com o iPhone da mãe

Crédito: Reprodução/Divulgação

Embora seja um erro inocente, é sempre aconselhável manter os seus smartphones bloqueados se tiver crianças ao seu redor. (Crédito: Reprodução/Divulgação)



Não é um incidente que seguramente vá delapidar o orçamento familiar. Contudo, desta vez foram 31 hambúrgueres McDonald’s, mas poderia ser algo muito pior.

O caso aconteceu no Texas, nos EUA. Uma mãe recebeu 31 cheeseburgers do McDonald’s depois que o seu filho de dois anos utilizou o seu smartphone. O caso foi compartilhado pela mãe. Ela, de forma divertida, publicou a história e a foto do seu filho ao lado dos lanches.

+ iPhone 15 da Apple será o primeiro com USB-C, afirma especialista

A mulher contou que recebeu uma notificação do aplicativo DoorDash no seu telefone onde informava que o seu pedido estava demorando mais do que o normal. Tudo veio à tona quando um carro parou na frente da sua porta com 31 cheeseburgers que o seu filho havia pedido. Curiosamente, e aproveitando este compartilhamento, outros usuários também contaram as suas aventuras.



Embora seja um erro inocente, é sempre aconselhável manter os seus smartphones bloqueados se tiver crianças ao seu redor. Além disso, a Apple também fornece aos usuários controles parentais para poderem configurar ações dedicadas aos menores em uso do equipamento.

Neste caso, a cena poderia ter sido facilmente evitada se as restrições apropriadas fossem colocadas. Além disso, a criança poderia ter pedido algo que valesse muito mais do que cheeseburgers. A mãe teve que pagar 91,70 dólares, que inclui a gorjeta de 25% pelos 31 cheeseburgers.

Os usuários destes dispositivos sabem que devem ter hábitos de segurança, para terceiros não bisbilhotarem as suas informações pessoais. Além disso, a Apple obriga sempre a configurar o Face ID ou o Touch ID. No entanto, há aplicativos que “fogem” a estas medidas, ou por não obrigarem o usuário a usar, ou por não terem.