Edição nº 1134 19.08 Ver ediçõs anteriores

Crescimento pré-moldado

Crescimento pré-moldado

A tão esperada recuperação do mercado imobiliário no Brasil já movimenta os negócios do setor. Uma prova disso é a construção da maior fábrica de pré-moldados do Brasil, da Protendit. Depois de 60 anos de operação, a companhia decidiu erguer uma unidade de R$ 50 milhões na cidade de Potirendaba, no interior paulista. Esta será a terceira planta do grupo (as outras duas estão localizadas em São Paulo e São José do Rio Preto). Mais de 70% das obras estão concluídas. “Estamos aproveitando a retomada da economia brasileira que voltou a aquecer o ramo da construção civil. Tivemos um aumento na procura por orçamentos e de negócios fechados”, afirma o presidente do conselho, Roberto Senna. “Para atender um maior número de clientes, entramos no ramo das grandes obras, como shoppings e indústrias de grande porte, e investimos em Potirendaba, uma cidade de fácil acesso às rodovias e com disponibilidade de área.”

(Nota publicada na Edição 1106 da Revista Dinheiro, com colaboração de: Felipe Mendes)


Mais posts

Que tiro foi esse?

Se existe um presidente de empresa feliz da vida no Brasil, esse é Salesio Nuhs, CEO da fabricante de armas Taurus. As vendas cresceram [...]

Do turismo ao imóvel

O empresário Valter Patriani, cofundador da agência de viagens CVC, ao lado de Guilherme Paulus, vendeu recentemente sua participação [...]

A moda do cacau saudável

No início de 2017, surgiu no mercado a Dengo Chocolates, marca do empresário Guilherme Leal, cofundador da Natura, com a proposta de [...]

Tudo que reluz

O mercado de gemas e metais preciosos defende uma simplificação dos tributos que incidem sobre as joias, com a Reforma Tributária. Por [...]

Na carona dos investimentos

A Valemobi, empresa de tecnologia para o mercado financeiro, vai apostar no TradeMap, uma plataforma digital que se propõe a conectar [...]
Ver mais