Giro

Auxílio Brasil: entenda o CadÚnico, primeira etapa do novo programa; veja como se cadastrar

Crédito: Reprodução TV

Fila CadÚnico (Crédito: Reprodução TV)



Milhares de brasileiros fazem grandes filas diariamente nos postos do Cadastro Único (CadÚnico) nas cidades de todo o país. Com o fim do Bolsa Família e do Auxílio Emergencial, a população busca informações sobre os programas sociais do governo e o cadastro para receber os benefícios.

O CadÚnico é a primeira etapa para as famílias de baixa renda terem acesso aos programas assistenciais. O cadastro é necessário para receber o Auxílio Brasil, previsto para começar a ser pago em 17 de novembro. De acordo com o governo, o Auxílio Brasil atenderá automaticamente os beneficiários já cadastrados no Bolsa Família.

O Auxílio Brasil prevê pagamento de R$ 400 mensais para famílias em situação de pobreza e extrema pobreza. As informações sobre o processo de cadastro podem ser obtidas nas prefeituras ou nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) de cada município.

Auxílio Brasil: veja como serão definidos os valores do benefício



Veja como fazer o cadastro:

Quem pode se cadastrar no CadÚnico?

– Famílias com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa;
– Famílias com renda mensal total de até três salários mínimos;
– Famílias com renda maior que três salários mínimos;


-Pessoas que moram sozinhas;

– Pessoas que vivem em situação de rua sozinhas ou com a família.

Onde fazer o cadastro?

Apenas de forma presencial. É preciso verificar onde é feito o Cadastro Único na cidade. As prefeituras normalmente utilizam o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou um posto de atendimento do Cadastro Único.

Os endereços dos CRAS de cada município estão aqui.

Quais os documentos necessários?

A pessoa que fará o cadastramento da família deve ter pelo menos 16 anos, ter CPF ou Título Eleitor, e deve ser, preferencialmente, mulher. Essa pessoa, para o Cadastro Único, é chamada de Responsável Familiar.

É necessário que essa pessoatambém apresente pelo menos um documento para cada membro da família, entre eles:

– Certidão de Nascimento;

– Certidão de Casamento;

– CPF;

– Carteira de Identidade

– Carteira de Trabalho

– Título de Eleitor

– Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI) – somente se a pessoa for indígena.

Os responsáveis por famílias indígenas ou quilombolas não precisam apresentar o CPF, ou Título de Eleitor caso não possuam, mas devem levar outro documento de identificação entre os listados.

Pessoas sem documentação ou sem registro civil podem se inscrever no Cadastro Único, mas elas não poderão ter acesso a programas sociais até que possuam a documentação necessária.

Entrevista de cadastramento

É a etapa mais importante. O entrevistador social, um funcionário da prefeitura, fará perguntas sobre a realidade da família, como quem faz parte da família, características do domicílio, despesas, se há pessoas com deficiência, grau de escolaridade dos integrantes, características de trabalho e remuneração da família e se inclui indígenas ou quilombolas.

Confirmação do cadastramento: atribuição do Número de Identificação Social (NIS) 

Ao inserir os dados da família no Sistema de Cadastro Único pela primeira vez, o sistema fará checagens para verificar se as pessoas da família já possuem um NIS, e se não tiverem, será atribuído um NIS a elas. Esse processo pode demorar até 48 horas e tem como objetivo garantir que cada pessoa cadastrada é única. Apenas pessoas que tem o NIS podem participar de programas sociais.

Atualização dos dados

Quando a família se inscreve no Cadastro Único ela se compromete a atualizar os dados sempre que há uma mudança nas características da família ou mudança de domicílio ou, no máximo, a cada dois anos. Nesse caso, o próprio cidadão busca um CRAS ou posto do Cadastro Único para atualizar seus dados.

O poder público também pode convocar as famílias por meio de cartas ou telefonemas para atualizar os registros. Anualmente, o Governo Federal realiza a ação de Revisão Cadastral, em que as famílias com dados desatualizados são chamadas para atualizar os cadastros. Se as famílias ficarem mais de 4 anos sem atualizar os dados, os registros podem ser excluídos do Cadastro Único.

Consultar os dados do Cadastro Único

Para saber se a família está cadastrada, ou não, e se precisa atualizar o cadastro, um integrante pode checar a situação do seu registro por meio do aplicativo Meu CadÚnico.







Tópicos

auxilio brasil auxílio brasil 2022 auxilio brasil cadastro auxílio brasil como se inscrever? auxilio brasil como vai funcionar? auxilio brasil g1 Auxílio Brasil João Roma Ministro da cidadania auxílio brasil quando começa auxílio brasil quem vai receber Auxílio Brasil valor auxílio calendário 7ª parcela auxílio calendário de saques auxílio emergencial auxílio emergencial 2022 auxilio emergencial consulta auxílio indevido devolução auxílio prorrogação auxílio prorrogado auxílio terá mais parcelas? Bolsa do Povo Bolsa Família bolsa família cadastro bolsa família cadastro único bolsa família cancelado o que fazer Bolsa família consulta bolsa família lista de aprovados 2021 bolsa familia Nis bolsa família valor cadastro bolsa família 2021 online Cadastro Único para Programas Sociais cadúnico caixa bolsa família caixa libera saque 6ª parcela Calendário 4ª parcela calendário bolsa família 2021 setembro calendário da bolsa família 2020 1 calendário do bolsa família 2018 calendário do bolsa família 2021 Calendário saques 3ªparcela calendário saques 6ª parcela calendário saques auxílio 2021 Calendário saques julho auxílio calendário saques setembro calendários Auxílio Centro de Referência de Assistência Social Como conseguir o Bolsa Família 2021? como consultar auxílio como consultar dataprev como devolver auxílio como me cadastrar no bolsa família como saber se posso receber prorrogação do auxílio Como se inscrever no auxílio Brasil? como se inscrever para a prorrogação do auxílio Como se inscrever para receber o auxílio brasil consulta 7ª parcela auxílio 2021 consulta auxílio agosto 2021 consulta dataprev consulta dataprev auxílio consulta dataprev cpf consulta saque 6ª parcela consulta saque auxílio julho Cras cronograma saques 5ª parcela auxílio semana setembro data do bolsa família 2021 Dataprev devolução do auxilio emergencial entenda o Cadúnico fila CadÚnico governo devolução lista beneficiários bolsa família por município Ministério da Cidadania ministério da cidadania bolsa família o que é cadunico pagamento do bolsa família 2021 perdas prorrogação auxílio cadastro prorrogação auxílio dataprev prorrogação auxílio G1 prorrogação do auxílio quantas parcelas prorrogação quem pode receber Qual a data da 6 parcela do auxílio? Qual é o novo valor do Bolsa Família? qual o valor das parcelas na prorrogação Qual o valor do Bolsa Família para 2021? Qual o valor do Bolsa Família para quem tem 1 filho 2021? qual sera o valor do auxilio brasil? quando acaba saque 5ª parcela quando começa 5ª parcela quando começa Auxílio Brasil Quando é a 7 parcela do auxílio? Quando posso retirar o dinheiro do auxílio? quantas parcelas faltam auxílio quantos meses prorrogação quem pode sacar auxílio nesta sexta 2 quem precisa devolver auxílio quem recebe hoje auxílio 14 Quem vai fazer parte do Auxílio Brasil? retiradas 6ª parcela retiradas quintaparcela saque quinta parcela sexta parcela saque tabela do bolsa família tabela do bolsa família 2021 vai ter décimo terceiro do bolsa família 2021