Finanças

Cresce aposta em dólar abaixo de R$4,80 ao fim do ano, mostra pesquisa do BofA

Crédito: REUTERS/Dado Ruvic/Ilustração

Notas de dólar (Crédito: REUTERS/Dado Ruvic/Ilustração)

Por José de Castro

SÃO PAULO (Reuters) – Uma parcela significativamente maior de gestores consultados pelo Bank of America na América Latina agora vê o dólar abaixo de 4,80 reais até o fim deste ano, enquanto uma também maioria enxerga juros entre 12% e 12,75% no período, mostrou o banco em relatório desta terça-feira.



Uma fatia de 68% calcula que a moeda norte-americana ficará abaixo de 4,80 reais até dezembro, conforme edição de abril da pesquisa, contra 23% em março. Cerca de 55% veem o dólar entre 4,50 reais e 4,80 reais, acima dos pouco mais de 20% da sondagem do mês passado.

Criptoverso: 10 bilhões de razões que podem tornar bitcoin moeda de reserva

A novidade é que alguns gestores passaram a ter como cenário dólar abaixo de 4,50 reais –pouco mais de 10% dos consultados. Em março esse panorama não havia sido considerado. Na outra ponta, a faixa entre 5,71 reais e 6,00 reais deixou de ser citada, corroborando uma perspectiva geral de dólar mais fraco.

+ Confira 10 receitas para reaproveitar ou turbinar o arroz do dia a dia


Desde 15 de março, quando a pesquisa daquele mês foi publicada, o dólar à vista cai 9,5% ante o real, em termos nominais –a cotação era negociada em torno de 4,67 reais nesta terça-feira. A moeda brasileira salta 19,4% no ano, melhor desempenho global, depois de amargar fortes perdas nos anos anteriores.

Parte dessa recuperação se deve, segundo analistas, à correção na taxa de juros, que de uma mínima histórica de 2% ao ano já está em 11,75%, melhorando, assim, a relação risco/retorno de manter reais em carteira.


E a maioria dos gestores consultados pelo BofA vê a taxa Selic ainda mais alta até o fim do ano. As apostas estão concentradas no intervalo entre 12% e 12,75% (65%), mas uma parcela de pouco menos de 20% prevê juros entre 13% e 13,75%, enquanto um grupo pequeno considera cenários em que a Selic fica entre 14% e 14,75%.

O departamento econômico do BofA estima juro terminal de 13,25% em junho de 2022.

tagreuters.com2022binary_LYNXNPEI3B0QD-BASEIMAGE