Negócios

Credit Suisse anuncia Ivan Monteiro e Marcello Chilov como CEOs interinos no País

O Credit Suisse anunciou nesta terça-feira, 7, que terá dois presidentes (CEOs) interinos para substituir José Olympio Pereira, que está deixando o comando do banco suíço de investimentos no Brasil neste final de ano. Os escolhidos para serem CEOs foram Ivan Monteiro, atualmente no cargo de vice-chairman do banco de investimento no País, e Marcello Chilov, chefe da área internacional de gestão de fortunas no Brasil.



Os dois executivos vão assumir o posto em janeiro de 2022 e vão permanecer no cargo até que um novo presidente seja escolhido pelo Credit Suisse, banco que está há mais de 60 anos no Brasil.

“Estamos confiantes de que Ivan e Marcello são as melhores escolhas para liderar o banco durante este período de transição”, afirmou o presidente global do Credit Suisse, Thomas Gottstein, em comunicado. “Ambos têm comandado suas respectivas divisões com muito sucesso e competência, alinhados com nossa estratégia de crescimento sustentável no Brasil.”

Ivan Monteiro teve passagem por mais de sete anos no Banco do Brasil, foi presidente da Petrobras, teve passagem como consultor de riscos do Nubank e foi presidente do conselho do IRB (Instituto de Resseguros do Brasil).

Monteiro está no Credit Suisse desde meados de 2020. No comunicado desta terça-feira, afirma que, ao lado de José Olympio, reforçou o banco de investimento e “deixou a divisão pronta para seguir crescendo”.

+ O economista Paulo Gala revela os caminhos para investir bem em 2022



O outro presidente interino, Marcello Chilov, é engenheiro pela Universidade de São Paulo (USP). Ele cuida da área de gestão de fortunas e atende clientes brasileiros registrados no Brasil, nas Bahamas e na Suíça. Recentemente, Chilov liderou o processo da compra de participação minoritária do banco digital Modalmais pelo Credit Suisse. O executivo está no banco suíço há 12 anos.

Superando projeções

A troca de CEO da operação brasileira acontece pouco depois de o banco ter reportado lucro líquido de 434 milhões de francos suíços no terceiro trimestre de 2021, resultado 20,5% menor do que o ganho no mesmo período no ano passado.

Ainda assim, o resultado superou a projeção de analistas consultados pelo próprio banco suíço, que era de 308 milhões de francos suíços.


Saiba mais
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto