Giro

Covid-19: SP começa a aplicar dose de reforço em imunossuprimidos

Crédito: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

As doses de reforço também estão disponíveis a partir e hoje para os idosos com mais de 80 anos de idade (Crédito: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

A capital paulista começa a aplicar hoje (20) a dose de reforço da vacina contra a covid-19 para as pessoas com mais de 18 anos gravemente imunossuprimidas. A estimativa da prefeitura é de que 18 mil pessoas que já receberam as duas doses ou dose única há pelo menos 28 dias podem participar dessa nova etapa da imunização.



As doses de reforço também estão disponíveis a partir e hoje para os idosos com mais de 80 anos de idade. A expectativa é que 144,4 mil pessoas nessa faixa etária possam receber as doses adicionais.

+ EUA voltam a liberar viagem de brasileiros totalmente vacinados

Para receber a nova dose, é preciso comparecer a um dos postos de vacinação com comprovante de vacinação, documento com foto e comprovante de residência.
A disponibilidade de doses por fabricante, para recebimento de segunda dose, e tempo de espera nos pontos de vacinação podem ser consultadas na página De Olho na Fila.




Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?

Tópicos

2ª dose 2ª dose da vacina da pfizer 3ª dose adolescentes antecipação da segunda dose antecipação da segunda dose astrazeneca antecipação segunda dose pfizer anticorpos contra a covid astrazenca sintomáticos AstraZeneca astrazeneca coágulos astrazeneca eficácia astrazeneca vacina vencida butantan dose de reforço cidade de São Paulo comorbidades Coordenação Geral de Armazenagem coronavac 3ª dose coronavírus Covid-19 Delta Delta B.1.617.2 dose pfizer doses diferentes estados vão manter vacinação adolescentes estudo israel restrições janssen janela de imunização janssen período de proteção janssen precisa de mais uma doze LinkedIn mandemia balanço mundo Ministério da Saúde Modelo híbrido morte adolescente Nature Niterói Noroeste e Costa Verde Norte nova variante da covid-19 o que é resposta imune? OMS oms vacina adolescentes Organização Mundial de Saúde Oxford/AstraZeneca oxigênio pandemia balanço brasil pandemia balanço mundo pesquisa Pfizer pfizer 3ª dose por que anvisa proibiu coronavac pós-pandemia pra que tomar 3ª dose? quais os sintomas da nova variante delta quais os sintomas da variante delta? qual vacina precisa de 3ª dose? qual vacina precisa dose de reforço Qual vacina protege contra variante delta? Qual vacina protege contra variante indiana? recomendação anvisa recomendação ministério da saúde resposta imune resposta imune Delta Plus resposta imune variante delta resposta imune variante Gamma revista Nature Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à covid-19 Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro segunda dose SP STF terceira dose pfizer Updated vacina vacina 3ª dose vacina adolescente vacina adolescentes entre 12 e 15 anos vacina coronavac proibição vacina covid adolescentes vacina em adolescentes vacina jovens de 18 a 22 anos vacina rio de janeiro vacinação vacinação adolescentes vacinação balanço brasil vacinação cruzada vacinação intercambiável vacinação trocada vacinas balanço 2021 vacinas sobrepostas variante delta variante delta brasil variante delta disseminação variante delta OMS variante delta países variante P.1 variante P1 variantes Variantes Covid-19 volta ao escritório xepa