Giro

COVID-19: Número real de contaminações na África pode ser 97 vezes superior ao registrado

Crédito: Reprodução

O estudo, que ainda não foi submetido à revisão por pares pela comunidade científica, baseia-se em 151 outros estudos sobre soroprevalência (Crédito: Reprodução)



O número real de infecções por SARS-CoV-2 na África pode ser até 97 vezes superior aos casos oficialmente registrados, de acordo com um estudo divulgado hoje pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

“A análise mostra que os casos confirmados de covid-19 atualmente notificados são apenas uma fração do número total de contaminações no continente”, disse a diretora regional da OMS para África, Matshidiso Moeti, durante uma conferência de imprensa virtual.

+ Covid: estudos comprovam aumento de proteção da vacina em infectados

O estudo, que ainda não foi submetido à revisão por pares pela comunidade científica (uma avaliação por peritos externos), baseia-se em 151 outros estudos sobre soroprevalência – imunidade existente devido a infecção ou vacinação anterior – na África, publicados entre janeiro de 2020 e dezembro de 2021.




Segundo a investigação, a exposição ao vírus na África aumentou de 3%, em janeiro de 2020, para 65%, em setembro de 2021, o equivalente a cerca de 800 milhões de infecções, em comparação com os 8,2 milhões de casos oficialmente notificados nessa altura no continente africano.

No entanto, a soroprevalência documentada nestes estudos varia muito entre diferentes grupos demográficos – sendo mais elevada nas zonas urbanas e densamente povoadas e mais baixa nas zonas rurais e pouco povoadas – e grupos etários, com menos infecções entre crianças com menos de 09 anos do que entre adultos.

A exposição ao vírus foi também maior na África oriental, ocidental e central, de acordo com a OMS.


“Estes dados permitem-nos conhecer a situação real e colocam-nos em melhor posição para intervir”, disse Moeti.

Em comparação com os números africanos, a média global indica que as infecções reais são pelo menos 16 vezes superiores às comunicadas, o que significaria que mais de 45% da população mundial foi exposta ao vírus.

Contudo, como os estudos foram conduzidos ao longo de diferentes períodos de tempo, é difícil comparar resultados globais com resultados africanos.

A resposta à pandemia em África, segundo Moeti, foi marcada por uma maioria de casos (67%) assintomáticos, tornando a detecção difícil num continente onde os testes se concentravam em viajantes e pacientes que chegavam a centros médicos com sintomas.

“Esta subnotificação está a acontecer em todo o mundo e não é surpreendente que os números sejam particularmente elevados em África, onde há tantos casos sem sintomas” e casos ligeiros, com uma menor proporção de pessoas com fatores de risco como diabetes, hipertensão e outras doenças crónicas, de acordo com a OMS.

A este respeito, Moeti salientou que “os testes permitem-nos seguir o vírus em tempo real, monitorizar a sua evolução e controlar o aparecimento de novas variantes”, e apelou aos países para que aumentem os testes e a vigilância genômica do vírus.

Até hoje, o continente registou cerca de 11,5 milhões de casos e mais de 252.000 mortes, de acordo com dados da OMS.






Tópicos

4ª dose combate o quê? 4ª dose israel 4ª dose necessária 4ª dose vacinas adolescentes e crianças covid Aedes aegypti Alemanha flexibilizações restrições Ana Helena Germoglio anticorpo monoclonal anticorpos covid sintomas anticorpos infectados nova infecção anticorpos monoclonais Anvisa anvisa covid-19 assintomática omicron assintomatico transmite omicron astrazeneca trombose autoteste coronavírus autotestes covid-19 AVC Brasil casos Cepa colombiana cepa colombiana é mais letal? cepa delta chikungunya china aprova tratamento chuvas ciência Como ocorre a transmissão da COVID-19? congestão nasal consórcio coração coriza coronavírus coronavírus alimentação coronavírus animais coronavírus estudos coronavírus soja corticoides covid covid covid anticorpos covid antiviral medicamento covid deixa sequelas? covid em idosos covid longa covid longa omicron covid medicamentos covid passa para animais covid remédios covid restrições covid risco cardíaco covid tratamento covid tratamentos Covid variantes Covid-19 covid-19 brasil covid-19 brasil 2022 covid-19 casos brasil covid-19 recorde brasil dengue doenças doenças virais dor de cabeça dor de garganta dor muscular dor no corpo dose de reforço efeitos permanentes espirros estudo Londres europa ainda tem restrições? fadiga falta de ar febre Fortes chuvas gorilas com covid identificar idosos idosos têm que tomar 3ª dose? imprensa imunizados naturais imunizados têm que usar máscaras infecções infectados imunizados infectologista infectologista Ana Helena Germoglio influenza King College lentidão vacinação Rússia letargia Londres mal estar máscara vacina máscaras vacina OMS medicamento anticovid MSD dinamarca medicamento MSD covid medicamentos para covid omicron mosquito Aedes aegypti nariz entupido O que é a subvariante BA 2 do COVID-19? o que é ômicron xe? o que é trombose o que funciona covid O que tomar para a variante Ômicron da COVID-19? omicron omicron quantos dias de isolamento Ômicron reinfecção ômicron subvariante ômicron xe perda de olfato perda de paladar pets têm covid? pilula contra covid pode haver duas infecções diferentes População brasileira posso me infectar depois de vacinado? Posso não apresentar sintomas da COVID-19 Prevenir primeiros sintomas omicron principais sintomas da ômicron principais sintomas ômicron problema do coração quais os sintomas da omicron a nova variante Quais são os principais cuidados para evitar a contaminação familiar de COVID-19? Qual o intervalo de tempo para que seja considerado reinfecção por COVID-19? qual o pico de transmissão da ômicron? alcool gel Qual o tempo de incubação da COVID-19? qual os sintomas da omicron Qual país tem mais infectados? qual remedio tomar para covid omicron quando vou deixar de usar máscara? quantas doses já foram aplicadas? Quanto tempo a COVID-19 permanece ativo em diferentes superfícies? Quanto tempo de isolamento pela variante Ômicron de COVID-19? quanto tempo dura os sintomas da omicron quanto tempo duram os anticorpos quanto tempo duram os sintomas? quantos dias duram os sintomas da omicron Quantos dias é o isolamento pela COVID-19? Quantos dias para aparecer os sintomas da Omicron? quantos faltam vacinar? quantos vacinados tem o Brasil? que alimentos inibem o coronavírus Que máscara uma pessoa que suspeita ter COVID-19 deve usar? quem deve tomar 3ª dose? recorde casos covid-19 regiões do Brasil reinfecção reinfecção coronavírus reinfeccao omicron remédios para covid omicron rio afrouxa restrições praias rio restrições risco cardíaco risco de de doenças virais RJ restrições Rússia Rússia confinamento Rússia recorde de mortes saúde sequelas covid sinais e sintomas da omicron sintomas sintomas da dengue sintomas da omicron em vacinados sintomas de gravidez sintomas ômicron sintomas pós covid omicron subavirante ômicron super imunes covid superanticorpo superimunes covid superimunes genes teste covid farmacia testes tosse transmissão adolescentes crianças tratamento anticorpos monoclonais china tratamento covid longa Sus tratamento para covid omicron tratamento pós-covid Sus tratamento sequelas covid sus tratamentos tratar as doenças trombose vacina idosos UnitedHealth Group vacina 3ª dose vacina da Pfizer vacina duas doses protege mais que a de dose única? vacina já sp vacina reinfecção vacina risco de trombose vacina sp 3 dose vacina sp astrazeneca vacina sp cadastro vacina sp calendario vacina sp fila vacina sp idade vacina sp locais vacina sp pfizer vacina sp sabado vacina sp terceira dose vacina trombose vacinação vacinação adolescentes vacinação nacional vacinados infectados imunidade Variante cama variante delta variante delta países variante delta volta Variante gama é perigosa? variante gama Manaus Variante Gamma variante omicron ba 2 variante omicron é mais letal variante omicron letalidade variante omicron mortes variante omicron no brasil variante omicron no brasil sintoma variante omicron sintomas variante omicron sp variante omicron vacina verão vírus vírus da influenza zika