Ciência

Coronavírus espanta turistas e macacos invadem as ruas atrás de comida na Tailândia

Crédito: Reprodução/Twitter

Macacos invadem ruas na Tailândia atrás de comida (Crédito: Reprodução/Twitter)


A queda maciça de turistas na Tailândia, devido ao coronavírus, causou um efeito impressionante no distrito de Lopburi. Centenas de macacos invadiram as ruas da cidade.

Grandes grupos desses animais foram vistos correndo e brigando por bananas na cidade, segundo o site do jornal britânico The Sun. A invasão é um efeito da própria intervenção do homem na natureza. Os turistas, normalmente, dão alimentos para os macacos. E na falta deles, os bichos foram atrás de comida nos locais onde estão acostumados com os mimos.

+ David Uip confirma áudio com projeção de 45 mil infectados em SP
+ Aumento dos casos de coronavírus no Brasil muda rotina dentro das empresas
+ Turistas americanos correm para aeroportos europeus para retornar ao país 

Os moradores locais, que estão acostumados com o comportamento dos animais, também ficaram chocados com a ferocidade vista nas ruas. Alguns compararam os babuínos a cães selvagens, de tanta agressividade.

Lopburi é o lar de milhares de macacos selvagens que perambulam pelas ruas e edifícios. Eles vivem em terrenos dos antigos templos budistas espalhados pelo distrito.

O turismo do país tem um forte apelo pela vida selvagem. Todos os anos, 20% da economia nacional é movimentada pelos cerca de 35 milhões de visitantes. Esse volume encolheu 44% neste ano e o número de casos confirmados do coronavírus por lá foi de 59.