Giro

Coronavírus apresenta baixos riscos para os americanos neste momento, diz CDC

Os riscos envolvendo o novo tipo de coronavírus, conhecido como 2019-nCoV, que teve o primeiro caso confirmado nos Estados Unidos nesta terça-feira, 21, ainda são baixos para os americanos, segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês).

Em relatório, a instituição explica que o nível de detalhamento da doença ainda não é claro. Segundo o documento, embora sintomas graves e mortes tenham sido relatados na China, alguns pacientes não apresentaram complicações e logo tiveram alta.

O CDC ressalta que não é comum que a disseminação desse tipo de vírus ocorra entre pessoas, como aconteceu com a síndrome respiratória aguda (Sars, na sigla em inglês) e a síndrome respiratória do Oriente Médio (Mers, na sigla em inglês), que são da mesma família do novo coronavírus.

“A confirmação de que uma limitada disseminação de pessoa para pessoa desse vírus está ocorrendo na Ásia aumenta o nível de preocupação, mas o CDC continua acreditando que o risco do 2019-nCoV para o povo americano, em geral, permanece baixo neste momento”, conclui.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) convocou para amanhã reunião de emergência para discutir o tema. O último pronunciamento do grupo sobre o coronavírus data de 17 de janeiro de 2020, relatando a contaminação de um cidadão japonês.