Giro

Corinthians e Palmeiras são os times mais valiosos do Brasil, diz Forbes

Crédito: Divulgação

Um dos critérios usados pela Forbes envolve os estádios dos clubes; na foto, a Neo Química Arena do Corinthians (Crédito: Divulgação)

Corinthians e Palmeiras ocupam o segundo e terceiro lugares na lista de clubes mais valiosos da América, segundo a Revista Forbes. Atual campeão brasileiro e da Libertadores, o Flamengo é apontado como o 17° mais valioso na lista.

Os critérios apontados para definição do ranking são os valores dos estádios das equipes, preço do elenco que disputa os campeonatos regulares e o valor da marca.



+ Jogos de futebol já podem ser transmitidos no horário da Voz do Brasil
+ Joseph Safra desbanca Lemann e é o mais rico do País, diz Forbes

Segundo a publicação, o Corinthians se destaca pelo longo vínculo com a Nike, principal marca de produtos esportivos no mundo, e o Palmeiras ganha destaque com o Allianz Parque, um dos estádios mais modernos do País.

Além dos dois times, o melhor brasileiro colocado em seguida é o Grêmio, em 10° lugar. Em seguida, vêm o Internacional em 13° e o Flamengo em 17°.

+ Especialista revela o segredo dos bilionários da bolsa. Inscreva-se agora e aprenda!


Veja o top 50 das Américas:

1 – Atlanta United: US$ 1,4 bilhão;


2 – Corinthians: US$ 582 milhões;

3 – Palmeiras: US$ 525 milhões;

4 – Los Angeles FC: US$ 474 milhões;

5 – New England Revolution: US$ 352 milhões;

6 – Chivas: US$ 311 milhões;

7 – Monterrey: US$ 311 milhões;

8 – Sporting Kansas City: US$ 278 milhões;

9 – River Plate: US$ 270 milhões;

10 – Grêmio: US$ 246 milhões;

11 – LA Galaxy: US$ 233 milhões;

12 – Minnesota FC: US$ 231 milhões;

13 – Internacional: US$ 214 milhões;

14 – América-MEX: US$ 200 milhões;

15 – Boca Juniors: US$ 199 milhões;

16 – Orlando City: US$ 197 milhões;

17 – Flamengo: US$ 190 milhões;

18 – Independiente: US$ 182 milhões;

19 – Santos Laguna: US$ 174 milhões;

20 – Real Salt Lake: US$ 167 milhões;

21 – São Paulo FC: US$ 147 milhões;

22 – Athletico Paranaense: US$ 130 milhões;

23 – San José Earthquakes: US$ 119 milhões;

24 – Toluca: US$ 113 milhões;

25 – San Lorenzo: US$ 107 milhões;

26 – Tigres: US$ 99 milhões;

27 – Tijuana: US$ 98 milhões;

28 – Deportivo Cali: US$ 97 milhões;

29 – Cruz Azul: US$ 92 milhões;

31 – Columbus Crew: US$ 89 milhões;

32 – Santos: US$ 89 milhões;

33 – Atlético-MG: US$ 81 milhões;

34 – Racing: US$ 78 milhões;

35 – Inter Miami CF: US$ 75 milhões;

36 – Seattle Sounders: US$ 75 milhões;

37 – Montreal Impact: US$ 72 milhões;

38 – Pumas: US$ 71 milhões;

39 – New York City: US$ 71 milhões;

40 – Vélez: US$ 70 milhões;

41 – Vasco da Gama: US$ 68 milhões;

42 – Universitário: US$ 67 milhões;

43 – Fluminense: US$ 64 milhões;

44 – Peñarol: US$ 64 milhões;

45 – Pachuca: US$ 60 milhões;

46 – New York Red Bulls: US$ 56 milhões;

47 – Lanús: US$ 54 milhões;

48 – Toronto FC: US$ 51 milhões;

49 – León: US$ 50 milhões;

50 – Barcelona de Guayaquil: US$ 47 milhões.