Economia

Coreia do Sul prevê expansão do PIB de 3,2% em 2021, após queda de 1,1% este ano

O governo da Coreia do Sul espera que a economia do país tenha forte recuperação em 2021, graças a exportações robustas e medidas de estímulos, depois de apresentar seu pior desempenho em mais de duas décadas em meio à pandemia do novo coronavírus.

Estima-se que o Produto Interno Bruto (PIB) da quarta maior economia asiática crescerá 3,2% no próximo ano, após se contrair 1,1% em 2020, segundo relatório semestral divulgado pelo Ministério de Economia sul-coreano nesta quinta-feira (17). A queda do PIB prevista para este ano seria o pior resultado desde a crise financeira da Ásia de 1997 e 1998.

Para a inflação, a projeção é que a taxa acelere de 0,5% este ano para 1,1% em 2021, ficando abaixo da meta do banco central do país, de 2%. O governo sul-coreano também prevê aumento nas exportações de 8,6% em 2021, após uma redução estimada em 6,2% em 2020. Fonte: Dow Jones Newswires.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km