Giro

Copa do Mundo bienal arrecadaria U$4,4 bi extras, argumenta Fifa

Crédito: REUTERS/Arnd Wiegmann

Logo da Fifa na sede da entidade em Zurique (Crédito: REUTERS/Arnd Wiegmann)

Por Simon Evans

(Reuters) – Líderes do futebol internacional foram informados pela Fifa nesta segunda-feira que optar por uma Copa do Mundo bienal criaria uma renda extra de 4,4 bilhões de dólares para a entidade.



A Fifa está realizando uma “cúpula global” de líderes de federações nacionais de futebol para debater sua proposta de aumentar a frequência do Mundial de quatro para dois anos.

+ Vice-presidente da Fifa propõe meio-termo em planos para Copa do Mundo

Os dados financeiros são parte de um estudo geral de viabilidade que a Fifa está apresentando nesta segunda-feira. Não se planeja uma votação no evento, que faz parte do processo de consulta da Fifa.

+ Especialista revela o segredo dos bilionários da bolsa. Inscreva-se agora e aprenda!



Os relatórios otimistas contrastam fortemente com uma análise apresentada por críticos das propostas.

Há oposição de times da Europa, das grandes ligas e da Uefa, entidade que governa o futebol europeu e cujo presidente, Aleksander Ceferin, ameaça boicotar qualquer torneio adicional.

No mês passado, um relatório encomendado pelo Fórum das Ligas Mundiais disse que a proposta da Fifa, alinhada a mudanças no Mundial de Clubes, poderia custar às grandes ligas domésticas e à Uefa cerca de 8 bilhões de dólares por temporada em direitos de transmissão de televisão, bilheterias e acordos comerciais.

Os delegados presentes na cúpula desta segunda-feira foram informados que um relatório da empresa italiana Open Economics revelou que os rendimentos das competições das ligas domésticas e da Uefa não são prejudicados por torneios das seleções e de clubes no exterior.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHBJ0TK-BASEIMAGE