Cooperativa Vinícola Garibaldi renova rótulos da linha VG, de espumantes premium a preços atraentes

Crédito: Philogus/Divulgação

Novo rótulo reforça propostas de sofisticação e elegância dos espumantes reconhecidos em concursos internacionais e vendidos a R$ 60 (Crédito: Philogus/Divulgação)

Referendada por distinções em concursos como Citadelles du Vin, na França, a linha de espumantes Garibaldi VG quer se tornar ainda mais atrativa aos olhos do consumidor. O conceito visual foi renovado para valorizar a excelência da bebida, que apesar de sofisticada, é vendida ao preço médio de R$ 60 a garrafa.

Segundo o gerente de marketing da cooperativa, Maiquel Vignatti, o projeto apostou na elegância para caracterizar o novo momento da linha Garibaldi VG, que é formada por dois espumantes, ambos elaborados pelo método Charmat Longo, em que a tomada de espuma ocorre em autoclaves mas por um período maior de tempo em relação ao Charmat usual.  A técnica resulta em mais densidade e cremosidade, aproximando o espumante dos que são obtidos pelo método Tradicional, em que a segunda fermentação ocorre na garrafa. “O desafio foi justamente transcrever isso na embalagem: espumante para pessoas com nível de exigência acima da média”, afirmou Vignatti.



+ Últimos dias para aproveitar o desconto de 15% nos rótulos ArteViva 

Para o enólogo chefe da vinícola, Ricardo Morari por ficarem mais tempo em autólise (período no qual o mosto permanece em contato com as leveduras), os espumantes ganharam também complexidade aromática. A linha VG inclui um Extra-Brut Branco e um Brut Rosé. O primeiro tem coloração amarelo palha com reflexos esverdeados, aromas com notas de abacaxi, baunilha e um delicado toque de pão tostado. Já o Rosé, com notas de framboesa e morango, tem um delicado toque tostado. “São espumantes para quem já têm conexão com o mundo do vinho, que buscam produtos elegantes para compor um jantar, reuniões de negócios ou apenas uma taça para relaxar ao final do dia”, disse Vignatti.

+ Confira 10 receitas para reaproveitar ou turbinar o arroz do dia a dia





Sobre o autor

Celso Masson, 53, é jornalista, diretor de núcleo da Editora Três, winemaker e palestrante de vinhos. Nos últimos dez anos, vem estudando e acompanhando a produção, os negócios e os prazeres do mundo da enologia. Se formou winemaker após integrar um exigente programa oferecido pela Escola do Vinho Miolo. Já tem três rótulos produzidos em parceria com a inovadora vinícola brasileira.


Mais colunas e blogs


Mais posts

Ver mais

Copyright ©2022 - Três Editorial Ltda.
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.