Giro

Conta de luz: veja como reduzir o consumo de energia e baixar o valor da fatura

Crédito: Equatorial Energia

Os maiores vilões de consumo de energia elétrica são chuveiro, geladeira, iluminação, ar-condicionado e o ferro de passar roupas (Crédito: Equatorial Energia)



O frio chegou antes do início do inverno, marcado para 21 de junho, com isso, aumenta a permanência em banhos quentes. Os maiores vilões de consumo de energia elétrica são chuveiro, geladeira, iluminação, ar-condicionado e o ferro de passar roupas.

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o custo da tarifa residencial aumentou mais de 80%, entre 2011 e 2021, e a expectativa é que supere o valor da inflação. Reduzir o tempo do banho quente em chuveiro elétrico e trocar a iluminação para lâmpadas de led são algumas dicas para reduzir o valor da conta de luz.

O engenheiro eletricista, CEO e fundador da Cruze, empresa piauiense de energia solar, Lucas Cruz, indica medidas para reduzir o consumo de energia elétrica:

Aproveite a iluminação natural




Pode parecer óbvio, mas, no dia a dia, é muito fácil esquecer de aproveitar a luz natural nos ambientes da casa. Reduzir o uso de lâmpadas contribui tanto para a diminuição do consumo quanto para a durabilidade delas, fazendo com que as trocas sejam menos frequentes.

Ter paredes e teto de cores claras também ajuda a maximizar a luz natural, pois refletem a iluminação com mais facilidade.

PF confirma que restos mortais encontrados são do indigenista Bruno Pereira


Use suas lâmpadas de forma consciente

Além de optar pela luz natural sempre que possível, uma boa opção é investir em lâmpadas de LED.

Mesmo que sejam um pouco mais caras, as lâmpadas de LED ‘se pagam’ devido à economia. E isso não só pela durabilidade, que é maior do que a de lâmpadas comuns, mas também pela redução de consumo: as de LED são 12 vezes mais eficientes do que as incandescentes, e isso se reflete na conta de luz. Outra vantagem é que iluminam mais intensamente com menos gasto energético.

Higienize o ar-condicionado

Isso é algo que muita gente esquece, mas que é preciso fazer periodicamente. O ar-condicionado é um dos aparelhos que mais consome energia e, quando o filtro não está bem higienizado, o temporizador precisa ser acionado mais vezes para manter a temperatura, o que resulta em mais consumo.

A higienização dos filtros do ar-condicionado pode ser feita em casa, e a recomendação é que, em residências ou locais de pouco uso, seja realizada anualmente; em ambientes onde o uso é constante, a manutenção precisa ser mais frequente. Isso contribui também para a vida útil do aparelho.

Tenha eletrodomésticos mais eficientes

Você repara na eficiência dos seus aparelhos antes de comprá-los? Esse é um fator determinante para saber se eles serão os vilões da sua conta de luz.

Nem sempre o aparelho menos potente é a melhor opção. É possível verificar a potência dos aparelhos no selo do Inmetro. É esse dado que informa qual será o impacto do eletrodoméstico no consumo energético.

Tire os aparelhos da tomada

Essa atitude simples pode impactar mais do que você imagina na sua conta de energia. Desligar o notebook no fim do dia ou após o expediente, no caso de quem trabalha em home office, já contribui para a redução de consumo.

É importante lembrar, no entanto, que nem todo aparelho pode ser desligado. A geladeira, por exemplo, precisa ficar na tomada. Mas nada impede de desligar totalmente a máquina de lavar ou a televisão.

Otimize o uso da máquina de lavar

Falando em máquina de lavar, como você organiza o uso da sua? Uma boa forma de reduzir o consumo é ‘guardar’ as roupas para fazer menos lavagens, com mais itens. Ao invés de ligar a máquina, digamos, três vezes, você pode juntar o que for possível e fazer apenas uma maquinada.

Outra boa dica é cuidar com a dosagem de produtos como sabão e amaciante, evitando excessos que podem fazer com que você precise enxaguar as roupas de novo, e manter os filtros limpos e higienizados.

Cuide bem da sua geladeira

Outro aparelho que é crucial no aumento ou redução da conta de luz é a geladeira. A geladeira é responsável por cerca de 30% do gasto energético de uma casa.

Entre os cuidados que se pode ter com o aparelho estão alguns simples, como sempre manter a porta bem fechada e posicioná-la em um local ventilado. Mantê-la limpa também é uma forma de reduzir o consumo. Outra coisa a fazer é observar a vedação do aparelho: se a borracha estiver solta, o frio de dentro da geladeira pode vazar, resultando em mais consumo e até mesmo prejudicando os alimentos perecíveis.

Invista em energia solar

Painéis solares geram energia a partir de recursos naturais disponíveis por boa parte do ano, em várias regiões do país, numa produção sustentável e, a longo prazo, mais econômica em relação à energia elétrica.