Giro

Conta de luz deve continuar mais cara em agosto com bandeira vermelha

Crédito: Arquivo / Agência Brasil

A conta de luz tem sofrido reajustes de preços por causa da grave crise hídrica enfrentada no país (Crédito: Arquivo / Agência Brasil)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) define nestasexta-feira (30) se mantém em agosto a bandeira tarifária vermelha 2 em R$ 9,49 a cada 100 kWh consumidos. Em julho, a Aneel liberou o aumento da cobrança do valor da bandeira, que era de R$ 6,24. A conta de luz tem sofrido reajustes de preços por causa da grave crise hídrica enfrentada no país.

+ Conta de luz fica mais cara em 14 Estados com reajuste anual

O reajuste de julho para agosto foi de 52%. É o mais alto patamar de cobrança de energia elétrica. Se voltar para a bandeira tarifária vermelha 1, o valor é de R$ 3,97 por 100 kWh consumidos. A bandeira tarifária amarela é R$ 1,87. Para o próximos meses, é possível que a Aneel anuncie um novo reajuste. A proposta é de taxa de R$ 11,50 a cada 100 kWh consumidos. A consulta pública sobre a proposta encerra hoje.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km