Negócios

Consumo em restaurante cai 27,2% em janeiro; compra em supermercado sobe 5,4%

Crédito: Arquivo / Agência Brasil

A variação da pesquisa é medida contra os resultados do mesmo período de 2019 (Crédito: Arquivo / Agência Brasil)

O consumo em restaurantes, bares, lanchonetes e padarias teve queda de 27,2% em janeiro se comparado aos níveis em período equivalente de antes do surgimento da covid-19. O levantamento é feito pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) com base em pagamentos realizados com cartões de alimentação e refeição da bandeira Alelo em todo o País.

A variação da pesquisa é medida contra os resultados do mesmo período de 2019, já que a ideia é comparar com os fluxos de um ano completo sem pandemia. O consumo em supermercados, na direção oposta, registrou aumento de 5,4% em janeiro deste ano.

+ Supermercados registram alta 12% nas vendas de janeiro

A leitura é de que os restaurantes, que mostravam no segundo semestre avanços apenas marginais, ainda são o segmento mais afetado pela pandemia. Já nos supermercados, os últimos resultados repetem o padrão apresentado durante a maior parte da segunda metade do ano passado, com exceção da queda acentuada de dezembro.



Na abertura dos resultados por região, o consumo em supermercados teve maior crescimento no Sul (11,5%). Nos restaurantes, houve queda em todas as regiões, sendo a maior delas, 33,9%, no Norte do País.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago