Agronegócio

Consumo de café solúvel no Brasil sobe 3,7% entre janeiro e agosto

São Paulo, 15 – O consumo de café solúvel aumentou 3,7% no Brasil entre janeiro e agosto de 2021 na comparação com igual período do ano anterior, informou a Associação Brasileira da Indústria de Café Solúvel (Abics). O volume total consumido no período equivale a 669,8 mil sacas de 60 kg.

Já as exportações de café solúvel recuaram 6,4% no mesmo período, para 2,536 milhões de sacas. O diretor de Relações Institucionais da Abics, Aguinaldo Lima, afirma que o recuo se deve a problemas logísticos e climáticos.

“A dificuldade para se obter contêineres e espaço em navios se tornou rotineira desde maio e permanece até hoje, o que reduz a capacidade e eleva os custos de embarque, impactando o desempenho de todo o setor exportador brasileiro”, diz ele em nota. “Além disso, adversidades climáticas no cinturão produtor do Brasil geram incertezas quanto à próxima safra e provocaram uma disparada nos preços internos e internacionais do café, o que dificulta a comercialização e desaquece a demanda em certos mercados.”

As importações de café instantâneo apresentaram recuo de 32,4% nos oito primeiros meses do ano, para 26,71 mil sacas.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago