Negócios

Conselho do GPA propõe separação da rede Assaí do grupo

Crédito: Divulgação/Assaí

Movimento tem como objetivo "liberar o pleno potencial dos negócios de cash & carry e varejo tradicional", com as duas áreas atuando de forma autônoma, e podendo ter acesso direto ao mercado de capitais (Crédito: Divulgação/Assaí)

O conselho de administração do GPA propôs, em reunião realizada nesta quarta-feira, a separação da rede de atacarejo Assaí do grupo. Segundo o colegiado, o movimento tem como objetivo “liberar o pleno potencial dos negócios de cash & carry e varejo tradicional”, com as duas áreas atuando de forma autônoma, e podendo ter acesso direto ao mercado de capitais.

Com a conclusão da operação, as ações da rede Assaí detidas pelo GPA, inclusive aquelas detidas pela Éxito, seriam distribuídas aos acionistas do grupo, na proporção exata de cada participação. Isso depois da obtenção da listagem dos papéis no segmento Novo Mercado, da B3, além da listagem de American Depositary Receipts (ADRs) da Assaíi em Nova York, na Nyse.

+ GPA tem lucro líquido de R$ 382 milhões no 2º trimestre, queda de 1,5%
+ GPA: Venda da terceira leva de imóveis à TRX é concluída por R$ 446,285 milhões 



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago