Semanal

Conheça os decacórnios, startups que valem dezenas de bilhões

Crédito: Cottonbro/Pexels

Inteligência artificial: segmento tem decacórnio precificado 40% acima da SpaceX, de Elon Musk (Crédito: Cottonbro/Pexels)

Só se falou em Nubank. A fintech brasileira estreou na bolsa americana na semana passada em grande estilo. Na prática, passou o preço de mercado do Itaú Unibanco e se tornou a instituição financeira mais valiosa da América Latina. Valor? Não exatamente. Preço e valor são conceitos distintos na economia. O Nubank se tornou o banco de maior precificação da América Latina.



Ao ser precificado na montanha dos US$ 40 bilhões para mais, o Nubank deixou a casinha do unicórnio – instituições nascidas digitalmente e que valem pelo menos US$ 1 bilhão. Ela entrou num clube mais seleto: o dos decacórnios. Startups que estreiam já valendo dezenas de bilhões de dólares. Um clube com sócios como Space X, do bilionário dono da Tesla, Elon Musk, ou a Epic Games.

Com aporte, Merama agora é ‘unicórnio’

De acordo om o site Visual Capitalist, existem hoje no mundo pelo menos 800 startups que atingiram a linha de corte de unicórnios. Já os decacórnios precisam bater em US$ 10 bilhões para mais. Na última lista levantada por eles, em dezembro deste ano existem empresas nessa categoria. Veja o ranking:

EMPRESA          PAÍS                VALOR (em US$ bilhões)      Área

+ Especialista revela o segredo dos bilionários da bolsa. Inscreva-se agora e aprenda!



  1. Bytedance         China                    140                                       I.A.
  2. SpaceX               EUA                       100                                     Espacial
  3. Listra                  EUA                        95                                       Fintech
  4. Klarna                Suécia                    45                                       Fintech
  5. Canva                 Austrália               40                                     Software
  6. Nubank              Brasil                     40                                      Fintech
  7. Instacart            EUA                        39                                    Logística
  8. Databricks        EUA                         38                                      Dados
  9. Revolut              Reino Unido          33                                     Fintech
  10. Epic Games       EUA                         28                                      Games

Bytedance, por exemplo, é a empresa por trás da plataforma de rede de vídeo Douyin. OK, vamos traduzir: a versão internacional do Douyin é o gigante internacional TikTok. Claro que alguns segmentos predominam, como fintechs – além do Nubank, há outras três no top 10. Mas há fenômenos na área do design, como a australiana Canva. Independentemente do segmento, uma resposta é comum a todas essas companhias: elas inovaram sem criar algo necessariamente do zero, algo novo. Elas inovaram ao fazer algo de uma maneira que nunca ninguém havia feito.