Giro

Saiba quais são as BDRs com maiores rendimentos para o investidor

Crédito: Pexels

Se você está investindo na bolsa brasileira e ficou curioso com a oportunidade de apostar nas grandes empresas listadas no exterior como Tesla, Amazon, Facebook, a partir de hoje (22) já é possível investir nelas por meio das BDRs (Crédito: Pexels)

Se você está investindo na bolsa brasileira e ficou curioso com a oportunidade de apostar nas grandes empresas listadas no exterior como Tesla, Amazon, Facebook, a partir de hoje (22) já é possível investir nelas por meio das BDRs (Brazilian Depositary Receipts). As corretoras de investimentos estão oferecendo recibos de ações de mais de 670 empresas estrangeiras ou fundos de investimentos.

Um ranking elaborado pela Easynvest mapeou as principais empresas do índice de BDRs Não Patrocinados-Global (BDRX), composto com lastro de empresas globais negociadas na B3, a bolsa de valores de São Paulo. O índice agrupa 53 empresas de 10 setores econômicos e a corretora selecionou as 22 companhias com maior representatividade nele, como Uber e Disney. Os dados se referem, em boa parte, aos resultados das ações neste mês de outubro.

+ Petrobras, Vale e JBS ficam de fora do primeiro ETF ESG do Brasil
+ Ações de empresas no exterior podem ser negociadas a partir desta quinta (22) por qualquer investidor
+ Neogrid mira na bolsa e faz registro para IPO

Entre os critérios considerados no levantamento estão o retorno médio dos dividendos nos últimos 5 anos, margens líquida e Ebtida, retorno sobre o patrimônio liquido, entre outros.

Após análise e cruzamento de dados, foram distribuídas notas percentuais a cada uma das empresas, organizadas em três grupos: maior de 70% (com desempenho acima da média do mercado); entre 50% e 70% (em linha com a média do mercado) e inferior a 50% (abaixo da média do mercado).

No primeiro grupo estão a Coca-Cola (COCA34), com desempenho de 100% em outubro; Johnson & Johnson (JNJB34) e Pfizer (PFIZ34), ambas com 95%; os bancos JP Morgan (JPMC34) e Bank of America (BOAC34), ambos com 94%; além de Facebook (FBOK34) e Alibaba (BABA34), com 90% cada.

No segundo grupo das ações com melhor desempenho estão Netflix (NFLX34), com 65%, Amazon (AMZO34), com 60% e Disney (DISB34) com 55%.

No terceiro e último grupo, figuram companhias como Twitter (TWTR34) com 10%, Uber (U1BE34) com 20% e Wells Fargo (WFCO34) com 25%.

As principais empresas estrangeiras do índice BDRX foram mapeadas pela Easynvest
As principais empresas estrangeiras do índice BDRX foram mapeadas pela Easynvest (Crédito:Reprodução/Easynvest)

“O objetivo do estudo não é indicar uma carteira de ativos, mas fazer uma cobertura com critérios de análise técnica e fundamentalista para que o investidor consiga tomar, por conta própria, a melhor decisão na hora de investir em BDR”, disse por nota José Falcão, especialista em renda variável e um dos autores do levantamento da Easynvest.

O estudo lançado hoje pode ser visto na íntegra clicando aqui.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?