Política

Congresso cancela análise de vetos de Bolsonaro

O Congresso Nacional cancelou a sessão de análise de vetos do presidente Jair Bolsonaro marcada para esta quarta-feira, 30. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), adia há dois meses essa votação, favorecendo a articulação do Palácio do Planalto.

O cancelamento prorroga a análise dos vetos às propostas de desoneração da folha salarial para 2021 e do novo marco legal do saneamento básico, entre outros itens polêmicos. Os vetos ao pacote anticrime, por exemplo, estão emperrados na pauta desde o início do ano.

Deputados e senadores articulam novas derrotas ao governo para recuperar essas propostas. Diante do cenário, o governo agiu para esvaziar a sessão. Alcolumbre havia prometido a líderes partidários que a votação iria ocorrer com ou sem acordo.

Em busca de reeleição para o comando do Senado em 2021, Alcolumbre manteve a sessão para não desagradar bancadas e, ao mesmo tempo, articulou junto com o governo o cancelamento.

Em nota, o presidente do Congresso alegou falta de acordo e de quórum para derrubar a sessão. O plenário da Câmara, onde a reunião aconteceria na manhã desta quarta-feira, 30, nem chegou a ser aberto.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?