Semana

Congresso aprova crédito de R$ 248,9 bilhões ao governo

Congresso aprova crédito de R$ 248,9 bilhões ao governo

O Congresso Nacional autorizou um crédito suplementar de R$ 248,9 bilhões para cobrir despesas correntes do executivo, como salários e benefícios sociais. A prática de emitir títulos e aumentar a dívida para pagar contas, conhecida como “regra de ouro”, é vetada pela Constituição e, sem autorização do legislativo, é crime de responsabilidade fiscal, razão do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. O pedido de socorro do governo, que não tem dinheiro em caixa para mais nada, foi aprovado por unanimidade pelos 450 deputados federais e 61 senadores. O apoio, no entanto, obriga Bolsonaro a repassar R$ 1 bilhão para o Minha Casa, Minha vida, além de liberar parte da verba para universidades, bolsas de pesquisa científica e a eterna transposição do Rio São Francisco que nunca termina.

 

Toda hora tem uma. Uma hora é o Temer, outra é o filho do Bolsonaro, outra é não sei o que lá, hoje é o Moro” 
Paulo Guedes, ministro da Economia, atribuindo o vazamento de mensagens de Sérgio Moro a um complô para impedir a reforma da previdência

 

Imposto obrigatório

G20 vai definir regras fiscais para gigantes da tecnologia

Os ministros da Economia e os presidentes dos Bancos Centrais dos 20 países membros do G20 – grupo que reúne as maiores economias do mundo – decidiram acabar com a mamata das gigantes de tecnologia e estabelecer regras fiscais mais duras até 2020. Empresas como Facebook, Amazon, Apple e Google têm sido alvo de críticas por conseguirem reduzir o pagamento de impostos ao registrar suas operações em países com taxas mais brandas. Para acabar com a distorção, o grupo pretende impor que as companhias paguem impostos de acordo com o país onde os produtos ou serviços são vendidos, mesmo que a empresa não tenha presença física nele. A obrigatoriedade de uma alíquota mínima também está sendo considerada.

 

Amazon é a marca mais valiosa do mundo

Depois de doze anos liderado pela Apple e Google, o ranking das marcas mais valiosas do mundo, feito pela Brandz Global, revela uma surpresa em 2019. A varejista Amazon ocupa o topo da lista pela primeira vez e custa US$ 315 bilhões. Duas empresas chinesas – Tencent e Alibaba – estão no oitavo e sétimo lugares, respectivamente.

 

Transporte

EmbraerX lança veículo de decolagem vertical em parceria com Uber

A Embraer apresentou na terça 11, em Washington (DC), seu projeto em parceria com a Uber para transportes voadores elétricos de decolagem vertical. Chamado de EmbraerX, o veículo tem dois propulsores e oito hélices pequenas. Ele comporta quatro passageiros e começará a ser utilizado em ambientes urbanos a partir de 2023 .

 

Economia

Governo quer liberar saldo de RS$ 20 bilhões do PIS/Pasep

Para aliviar o orçamento federal e, ao mesmo tempo, dar um gás na economia, o governo pretende liberar RS$ 20 bilhões do PIS/Pasep. O fundo reúne depósitos de trabalhadores que tiveram carteira assinada entre 1971 e 1988 e que só podem usar os recursos mediante doença ou aposentaria. Agora o governo quer disponibilizar o saque para todo trabalhador que tenha saldo, a exemplo do que aconteceu com as contas inativas do FGTS durante o governo Temer. Os recursos não sacados voltariam ao Estado como receita primária, ajudando a fechar as contas que hoje trabalham com
um bloqueio de R$ 32 bilhões.

 

Aquisições

Hapvida compra Grupo América por R$ 426 milhões

A operadora de planos de saúde Hapvida fechou um acordo para a compra do rival Grupo América, de Goiás, por R$ 426 milhões. O movimento ousado é uma estratégia da companhia para crescer e expandir geograficamente a sua atuação. “O Grupo América é a operadora mais verticalizada da região Centro-Oeste com carteiras de planos de saúde com cerca de 190 mil vidas”, informou a Hapvida na segunda 10. Essa é a segunda aquisição da operadora. Em maio, a empresa comprou o grupo São Francisco por R$ 5 bilhões. Apesar de as compras aumentarem a dívida da companhia em 1,6 vez a geração de caixa, o mercado reagiu de forma positiva. No primeiro fechamento do pregão após o anúncio, as ações do grupo subiram 3,43% e o papel atingiu o patamar recorde de R$ 38,65.

 

Humor

 

Números

9,15% – É o índice de inflação dos produtos usados nos pratos típicos das festas juninas. Segundo levantamento da FGV, a batata-inglesa, a farinha de trigo e o leite de coco foram os itens que influenciaram a alta dos preços.

1% – É a nova projeção do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro para 2019, segundo relatório Focus do Banco Central (BC). Depois de 15 anos de queda consecutiva, essa é a pior projeção do ano para o crescimento da economia. Por enquanto.

317% – É a dívida global em relação ao PIB mundial. O endividamento total de US$ 250 trilhões fez o G-20 pedir maior transparência nas dívidas dos países em desenvolvimento.

39% – Foi a porcentagem de aumento dos estudantes pretos, pardos e indígenas em universidades federais entre 2012 e 2016 em função da Lei de Cota racial. Segundo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a Federal do Ceará é a instituição com o maior índice de integração, com 135%.

9,5% – É a porcentagem da renda de 72 mil usuários comprometida mensalmente com aplicativos de transporte – como Uber, 99 e Cabify. Segundo pesquisa do Guiabolso, o gasto médio com o serviço é de R$ 119 no mês.