Economia

Concordamos em retirar barreiras para acesso a mercados China-UE, diz Juncker

Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker afirmou nesta terça-feira que a União Europeia e a China concordaram em retirar barreiras, para que possam ter acesso aos mercados de cada lado. A declaração foi dada em entrevista coletiva, após reunião de cúpula entre as partes, com a presença do primeiro-ministro chinês, Li Keqiang. No evento, não foram detalhadas quais seriam essas barreiras retiradas.

Juncker disse também que o governo chinês concordou “explicitamente” em evitar a transferência forçada de tecnologia. Segundo ele, o investimento europeu na China aumentou em 2018, mas é possível conseguir resultados melhores. A autoridade enfatizou ainda a necessidade de “reciprocidade” na relação bilateral.

De acordo com Juncker, a UE não tem nenhum país específico como alvo na questão da transferência de tecnologia, mas sim combinar segurança e inovação, lado a lado.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago