Economia

Compras com cartões crescem 18,7% e somam R$ 1,84 trilhão em 2019, diz Abecs

As compras com cartões totalizaram R$ 1,84 trilhão no ano passado, número 18,7% maior que o registrado em 2018, de acordo com dados publicados nesta quarta-feira, 22, pela Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs). Com o desempenho, o segmento de pagamentos digitais atingiu penetração de 43% no consumo das famílias em 2019 contra 38% um ano antes. A meta do setor é chegar a 60% até 2022.

“Tudo indica, com o atual momento, no qual as transações seguem crescendo, que essa meta possa ser atingida até um pouco antes do final de 2022”, disse o presidente da Abecs, Pedro Coutinho, sem mencionar eventuais reflexos da crise de coronavírus no setor de meios de pagamentos. “Atingimos 28% do PIB (Produto Interno Bruto) – ante 24,8% em 2018, uma marca histórica e muito importante para a indústria”, acrescentou, durante vídeo para comentar os resultados do setor.

No ano passado, somente as transações com cartões de crédito registraram, pela primeira vez, um volume acima de R$ 1 trilhão, chegando a R$ 1,16 trilhão, com alta de 19,8% frente a 2018.

Já o volume movimentado no débito foi de R$ 664,4 bilhões, expansão de 15,5%. Por sua vez, os cartões pré-pagos atingiram R$ 22 bilhões, incremento de 73,6%, na mesma base de comparação.

A Abecs também passou a acompanhar o volume de compras que foram pagas com cartões que dispõe da tecnologia de aproximação NFC (Near Field Communication, na sigla em inglês). No ano passado, essa modalidade cresceu 565%, movimentando um total de R$ 6 bilhões.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?