Tecnologia

Compra-se conteúdo

Crédito: Divulgação

O Instagram parece que perdeu uma batalha para o TikTok em vídeos curtos e virais. Ela não consegue transformar seu Reels em algo parecido. E a Meta não gosta de perder guerras, então está abrindo a carteira descaradamente. E não é pouco: para alguns criadores de conteúdo, está oferecendo até US$ 35 mil.

Não é algo tão oficial assim, apesar de boatos de que seria uma ideia do começo do ano. Mas finalmente está pingando no bolso. Usuários relatam valores iniciais de US$ 800. A cifra maior estaria vinculada a visualizações que cheguem perto de 50 milhões por mês, o que não é para todos.

(Nota publicada na edição 1249 da Revista Dinheiro)