Ciência

Companhias aéreas dos EUA retomam serviço de bordo suspenso devido à pandemia

Crédito: Divulgação - United Airlines

A United Airlines vai começar a vender alimentos, cerveja e vinho na classe econômica em voos selecionados em Denver partir do dia 17 de novembro (Crédito: Divulgação - United Airlines)

Com a pandemia da covid-19, as companhias aéreas suspenderam ou reduziram drasticamente o serviço de alimentação e bebida a bordo para diminuir o contato entre passageiros e comissários e, consequentemente, o risco de propagação do vírus. Oito meses após o início da pandemia, algumas companhias aéreas começam a planejar a volta dos serviços de bordo nos Estados Unidos.

De acordo com o USA Today, a partir do dia 17 de novembro, a United Airlines vai começar a vender alimentos, cerveja e vinho na classe econômica em voos selecionados em Denver.

+ Governo holandês aprova plano de resgate para companhia aérea KLM
+ Volume de negócios de companhias aéreas em 2021 cairá 46% em relação a 2019

O teste incluirá voos de Denver para oito destinos: Boston; Chicago; Honolulu; Houston; Los Angeles; Newark, New Jersey; São Francisco; e Washington, D.C.



Atualmente a companhia oferece aos passageiros da classe econômica em voos domésticos de 2 horas e 20 minutos ou mais uma sacola de lanche de cortesia com dois sanduíches e uma garrafa de água. Em todos os voos os refrigerantes são cortesia. Nenhuma bebida alcoólica está disponível na classe econômica regular e continuará assim, exceto nos voos selecionados saindo de Denver.

Conforme o USA Today, a porta-voz da empresa, Christine Salamone, disse que a decisão de voltar a vender alimentos e bebidas ocorre porque os clientes consideram que o serviço de bordo é uma parte importante de sua experiência de viagem.

O sistema de pagamento digital será feito sem toque. Os viajantes que desejam comprar alimentos e bebidas terão que armazenar as informações do cartão de crédito no aplicativo da United ou em seu site e não haverá troca de cartões de crédito durante o voo.

Outra companhia aérea que ouviu comentários semelhantes dos seus passageiros foi a Alaska Airlines, que começou a vender pratos de frutas e queijo no dia 4 de novembro em voos selecionados. Os pratos custam US$ 8 e devem ser pré-encomendados no aplicativo ou no site da companhia aérea pelo menos 20 horas antes do voo com um cartão de crédito armazenado.

Veja, conforme levantamento  do USA Today, como está sendo o serviço de bordo em algumas nas companhias aéreas norte-americanas durante a pandemia:

Allegiant Airlines: Alimentos, refrigerantes e álcool para venda por meio do aplicativo da companhia aérea.

Alaska Airlines: Refrigerantes, água e (nos voos matinais) café e chá são servidos em cortesia. Em voos com duração de cerca de três horas, os passageiros têm a opção de encomendar um prato de frutas e queijo por US $ 8.

American Airlines: Água e lanche de cortesia em voos entre 2 horas e meia e 4 horas e meia. Viajantes em voos mais longos recebem biscoitos ou pretzels, mais água e refrigerantes ou suco em lata.

Delta Air Lines: Lanche pré-embalado e água engarrafada de cortesia.

Frontier Airlines: Venda de água engarrafada.

Hawaiian Airlines: Os passageiro têm sanduíche de cortesia e refrigerantes selecionados na maioria dos voos entre o continente e o Havaí. Nos voos entre Nova York e Boston e Havaí também têm café e chá e a possibilidade de comprar bebidas alcoólicas.

JetBlue Airways: Lanches de cortesia e uma linha limitada de refrigerantes, além de caixas selecionadas de lanches pré-embalados para venda.

Southwest Airlines: Água e lanches de cortesia em voos com mais de 250 milhas. Sem serviço em voos mais curtos. Os passageiros dos voos para o Havaí recebem água e lanches.

Spirit Airlines: A companhia aérea está com venda de lanches, refrigerantes e bebidas alcoólicas.

Veja também
+ Como podcasts podem ajudar na educação financeira do brasileiro
+ Mistério: mulher descobre que não é a mãe biológica de seus próprios filhos
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km